Não é errado se colocar em primeiro lugar, pelo contrário..

Sua gaiola não tinha formato, nem trancas. Você não sabe em qual momento entrou ali, mas de certa forma, se acostumou em viver uma vida se abdicando das suas escolhas, das suas próprias vontades, para não desagradar ninguém. É difícil se sentir confiante para tomar uma decisão quando as pessoas ao seu redor repreendem qualquer atitude que você toma. É difícil lidar com alguém que erra com você e te culpa por aquele erro, mesmo sem você ter feito nada. É difícil ser lembrado apenas quando alguém precisa de alguma coisa. O medo de se impor faz com que a gente não agrade, nem desagrade ninguém. Permanecemos em cima do muro. Porém, enquanto ficamos ali, a gente se desagrada e se esquece das coisas que nos faz ser particularmente, a gente.

Você não precisa ficar se provando para ninguém. Quando conhecemos uma pessoa, criamos uma percepção sobre ela, por exemplo, você tem uma opinião sobre os seus pais, se porventura, eles errarem ou tiverem uma atitude que você discorda, esse erro vai mudar alguma coisa sobre a percepção que você tem sobre eles? Provavelmente, não. A imagem que tem sobre eles permanecerá a mesma. O mesmo acontece conosco, a percepção que os outros tem de nós, já foi criada. Não precisamos ficar provando quem somos para ninguém.

Não tenha medo de se colocar como prioridade, se você não fizer isso por você, ninguém mais irá. Somos calculistas em pensar se nossas ações não irão ferir ninguém. Porém, no momento em que você oculta todas as suas escolhas para não contrariar ninguém, você deixa de escrever a sua vida. Não adianta fazer uma faculdade que você não gosta para agradar seus pais. Não adianta abrir mão das oportunidades que você sempre quis por outra pessoa. Não adianta se desdobrar por um outro alguém que não faz a mesma coisa. Uma hora você vai se doar tanto que não vai sobrar mais nada. Não é egoísmo seguir o próprio coração. Não é errado discordar do que os outros querem ou esperam de você. Quem vai viver aquela vida, é você. Se você acha certo, ninguém precisa concordar!

Tire da sua vida pessoas tóxicas. Se você anda sentindo a necessidade de se provar para alguém ou percebe que algumas pessoas só se aproximam quando precisam de um favor, afasta-se delas. O maior ato de amor próprio que podemos ter é saber quando você é bem-vinda ou não. É saber quais são aquelas pessoas que te amam por quem você é e quais são aquelas que só estão por perto quando você pode oferecer algo à elas. Afasta-se do que te esgota, do que te coloca para baixo. Aproxime-se e valorize mais quem sempre esteve com você.

Não se culpe pelo erro dos outros. Uma vez eu vi um vídeo que falava que quando erramos, sabemos onde erramos, se não estamos sabendo onde foi o erro, é porque ele não foi nosso. Não podemos tentar reverter a culpa do outro, pensando que foram nossas atitudes que o fizeram agir daquele jeito. Nem sempre somos o erro. Nem sempre a culpa é nossa. Você não pode se culpar pelo erro dos outros. São erros que não são seus. Liberte-se disso.

Viva sem medo de errar. Viva sem querer a aprovação de ninguém. Errando ou acertando, a vida vai passar e você vai querer voltar no momento em que tinha as oportunidades que estão nas suas mãos hoje. Não pare a sua vida por causa dos outros. Não se abandone pelos outros. São raros aqueles que fariam isso por você. Viva por você, para que no fim dessa jornada, você não queira voltar atrás.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post.

38 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *