Como escolher os móveis da casa sem errar? Descubra agora!

Quando me mudei pela primeira vez, entrei em um conflito: não sabia como era mobiliar uma casa, não sabia quanto precisava para mobiliar uma casa, nem quais móveis iam suprir o que eu precisava. No começo, aproveitei tudo que tinha no meu quarto na casa dos meus pais, assim como meu marido. Algumas pessoas nos ajudaram com alguns móveis e eletrodomésticos e o que faltou, compramos do mais barato porque era o que conseguíamos na época. Não diria que errei na escolha, afinal, era o que cabia no nosso orçamento. Porém, depois de um tempo, precisamos trocar a maioria dos nossos móveis. Pensando nisso, irei compartilhar três dicas que podem ajudar você a não errar na escolha dos móveis da sua casa!

Antes de começar a visitar as lojas e escolher um móvel é preciso pensar em três coisas: no orçamento que você tem, no que você precisa para a sua casa e no espaço que ele vai ficar. Não adianta escolher um móvel incrível, que vai te deixar apertada no fim do mês. Não adianta escolher um móvel lindo, mas que não vai te trazer nenhuma funcionalidade. Da mesma forma, que não adianta escolher um móvel que não cabe no espaço que você tem. Então, antes de tudo, sente-se e verifique até que valor você pode gastar nas suas compras. Depois disso, é hora de entender o que você precisa.

Se você guarda suas roupas em gaveta, por exemplo, não adianta comprar um guarda-roupa que tem como prioridade o espaço para colocar cabides. É preciso anotar o que você precisa para não errar na hora de escolher. Outra dica é medir o seu espaço. Isso parece ser bobeira, mas depois que o móvel chega que você vê como faz diferença. Quando me mudei para a casa que estou hoje, precisava de um guarda-roupa, comprei por boniteza e tamanho, e quando chegou ele simplesmente não coube no quarto. Resumo: fiquei sem guarda-roupa por quinze dias, até chegar o outro. Mesmo que seja cansativo, faça a medida dos seus cômodos e não erre como eu!

Não compre por preço, e sim, por qualidade. Se fosse hoje, não compraria os móveis pelo preço. Porque pouco tempo depois, precisei comprar móveis novos porque aqueles não eram aquilo que buscávamos. Ou seja, foram dois gastos, que poderiam ser apenas um. Mesmo que você não tenha o valor daquele móvel, é preferível esperar e comprar o que você queria, do que gastar com um quebra galho e saber que pouco tempo depois, você irá comprar o outro.

Busque opções que combinam entre si. Para o ambiente ficar harmônico, busque móveis com tons parecidos, dessa forma, eles não irão ficar destoados. Uma dica é ter uma peça para se destacar. Mas, se não quiser errar, aposte sem medo nos móveis clássicos.

Por último, saiba onde comprar. A Ateliê Clássico é uma loja de móveis de luxo que é impossível não se apaixonar. Com um móvel deles, o seu ambiente fica outro. Basta escolher qual mais combina com o seu ambiente e com a sua personalidade, e garantir um móvel que não te trará nenhum arrependimento.

Qual dica você daria para quem está mobiliando a casa? Compartilha com a gente!

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

26 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *