E quando não estivermos mais aqui.. o que será que vai acontecer?

O céu permanecerá azul como sempre foi. Nossos móveis serão os móveis de outro alguém. Nossas roupas serão usadas por outras pessoas. As pessoas que caminharam conosco, continuarão sua caminhada. Nós não estaremos mais aqui. Mas, em algum momento, ninguém mais estará. É angustiante pensar que vai existir o dia em que o mundo permanecerá igual, porém, sem a nossa presença. Tudo aquilo que criamos na terra, nela ficará. Mas, tudo aquilo que criamos dentro de outras pessoas permanecerá e eternizará quem fomos aqui. Nossos móveis podem até ganhar novos donos, nossa casa pode até se tornar a moradia de outro alguém, a matéria conquistada aqui pode até ser repassada, mas ninguém nunca poderá substituir as histórias que criamos, o sorriso que tiramos de alguém, os momentos que vivemos, o amor que distribuímos. Quando alguém perguntar de nós, são essas pequenas coisas que fizemos que serão lembradas.

Perdemos tanto da nossa vida tentando dar conta de tudo, tentando superar as expectativas que colocam sobre nós, tentando não errar, tentando seguir os padrões, que a vida acaba passando, e quando a gente olha para trás e percebe o quanto perdemos, já é tarde demais. Quanto mais rápido entendermos que a vida não é eterna, mais rápido iremos nos desprender de tudo aquilo que é do mundo e começaremos, finalmente, a viver. Lembre-se que daqui levaremos apenas uma bagagem interna, nela só cabe as histórias que construímos e quem a gente se tornou durante essa nova profunda passagem.

Desprende-se de tudo aquilo que não te deixa caminhar. Desprenda-se das coisas que te prendem a matéria. Aproxime-se daqueles que criam histórias junto com você. Aproxime-se das pessoas que possam te proporcionar momentos, que irão preencher as suas histórias de sentimentos bons. Se tiver a chance de conhecer um lugar, vá. Se tiver a chance de experimentar uma comida nova, experimente. Se tiver a chance de amar, ame. Se tiver a chance de dançar, apenas dance. Pode ser que você se arrependa depois, mas até os arrependimentos se tornam histórias. Não deixe a vida passar para você perceber que poderia ter vivido mais.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

55 Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *