Look do dia: calça jogger, blusa muscle tee e bota

Quando o despertador toca, é como se ele acordasse também o nosso modo automático. Durante esse modo involuntário não pensamos em outra coisa que não seja as responsabilidades do nosso dia a dia. O café da manhã é feito em meio a correria, você mal tem tempo de escolher qual roupa irá usar porque a próxima tarefa está  te esperando, no caminho para o trabalho sua cabeça só consegue se concentrar no que você precisa resolver quando chegar e no trajeto. Tudo o que acontece ao nosso redor que não seja as nossas obrigações parece não ser visto, tão pouco admirado. O gosto bom do café, o céu azul, o quanto aquela roupa ficou boa em você, o pôr do sol, o sorriso de quem você ama. São esses e outros tantos detalhes do nosso dia que são esquecidos enquanto as nossas obrigações nos consomem.

Em alguns dias, é inevitável não despertar o nosso modo automático. Afinal, nossas responsabilidades não esperam e precisam ser feitas. No entanto, viver em torno delas, gera consequências que aparecem mais rápido do que imaginamos. O que realmente importa passa depressa, acaba, não volta. Enquanto, as nossas obrigações se fazem presentes todos os dias. É mais fácil termos um dia de trabalho, do que um dia em família. É mais fácil precisarmos usar o mesmo uniforme todos os dias, do que poder usar uma roupa que nos faça olhar para o espelho e pensar: ”uau”. É mais fácil termos um problema, do que um momento feliz. Talvez, seja por isso que esses detalhes e momentos são tão importantes, porque eles são poucos.

Que possamos nos permitir viver mais intensamente esses momentos. Que possamos esquecer o automático e viver cada segundo do nosso dia apreciando as pequenas coisas, mas tão importantes, que acontecem a nossa volta. Que possamos nos admirar mais, admirar mais quem aos trancos e barrancos, não sai do nosso lado. Que possamos nos olhar no espelho e admirar o nosso reflexo. O look dessa semana reflete muito isso: o sair da zona de conforto, o se olhar no espelho e se sentir bem com o que você vê, sobre admirar o que você ainda não tinha se permitido conhecer.

A calça jogger no tecido bengaline da Rosa Prosa estava na minha lista de desejos há alguns meses. Por ser feita em tecido, ela é extremamente confortável, esse modelo conta com alguns bolsos nas laterais que deixam esse modelo bem moderno e estiloso, fora que ela combina com qualquer tipo de blusa. Ou seja, é perfeita tanto para criar combinações mais elaboradas, como para usar no dia a dia. Usei essa calça com a blusa muscle tee, que além de ser uma novidade, também conta com a tendência tie dye. Esse modelo de blusa também é super confortável e combina com absolutamente tudo. Seu diferencial são as ombreiras, que criam um volume no ombro, e deixam essa peça mais original. Para finalizar essa combinação, usei uma botinha básica.

Conta para gente, qual foi a sua peça favorita da Rosa Prosa?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

51 Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *