Barrinhas de nuts, frutas ou cereais: qual a diferença e qual é a melhor?

Após ser descoberta por um navegador, na Polinésia, em 1985, as famosas barras de cereais, de frutas e nuts, chegaram ao Brasil em 1990. Essas pequenas barrinhas podem ser feitas com um mix de nuts, frutas secas ou grãos cuja estrutura não foi alterada pela refinação. Por serem fáceis de transportar, guardar na bolsa ou em locais estratégicos, como no carro ou na gaveta do escritório, e por não estragarem com facilidade, elas se tornaram uma opção de lanche saudável perfeita, principalmente, para os dias mais corridos. Nas prateleiras dos mercados elas estão cada vez mais presentes, e a variedade, principalmente nos ingredientes, só aumenta. No entanto, pela quantidade de opções, escolher a ideal, pode se tornar uma tarefa difícil.

barra de cereal

● Mix de nuts, frutas ou cereais? Você saberia me dizer a diferença entre essas três opções de barrinhas e qual é a melhor?

Provavelmente, você já ouviu falar ou já degustou uma barra de cereais, não é mesmo? Dentre as três, diria que essa é a mais conhecida. Ela é fabricada a partir dos mix de cereais, que podem ser a aveia, flocos de arroz ou linhaça. São mais energéticas e podem ser integrais ou não. É preciso ter cuidado ao investir nessa barrinha, pois muitas delas não são consideradas saudáveis por conter excesso de conservante, corante e xarope de milho. As versões integrais são poderosas fontes de fibras que ajudam a regular o intestino, aumentam a saciedade, auxiliam no colesterol ruim e são ótimas opções para quem está em processo de emagrecimento. As barrinhas de cereais podem ser consumidas nos lanches intermediários ou como pré treino.

barra de nuts

As barras de frutas são compostas de frutas na sua forma seca, sendo uma ótima fonte de vitaminas, minerais e fibras. Além de serem super saborosas, elas também atendem os mais diferentes paladares e ajudam a atingir a meta de ingestão diária de frutas (cinco porções). As principais frutas usadas nessa opção de barrinha são a banana, morango, coco, cereja e frutas vermelhas. Existem opções com chocolate, gordura vegetal, leite, açúcar e até mesmo cereais – preste atenção no rótulo e evite levar essas. Diferente da barra de cereal e da barra de nuts, essa leva em si todos os nutrientes presentes na fruta, portanto, são ricas em vitamina A, C e algumas do complexo B, além de oferecer minerais essenciais ao nosso corpo como cálcio, potássio, fósforo e magnésio. As barrinhas de frutas podem se encaixar nos lanches intermediários, como sobremesa ou como lanche pré ou pós-treino.

As barrinhas de nuts tem em sua composição oleoginosas, como castanhas, amêndoas, avelãs, e/ou sementes como gergelim, linhaça, chia e quinoa. Elas são ricas em gorduras boas, vitaminas do complexo B e minerais importantes como o cálcio, ferro, fósforo, magnésio, zinco, proteínas e gorduras insaturadas. Com isso, tem ação comprovada no combate às doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e possui ação antioxidante. É preciso ficar atento em sua composição, a barrinha de nuts precisa de um ingrediente para dar liga e  algumas marcas costumam usar o açúcar. Escolha opções como da Super Saúde, que são produzidas com mel e stevia.

barrinha de frutas

● Qual das três é melhor?

Não existe barrinha boa ou ruim. O que difere uma da outra são os benefícios e o que ela irá te causar. Por exemplo, se você faz musculação, é melhor investir nas barrinhas de nuts após o treino, por conter gorduras boas e componentes que auxiliam na hipertrofia. Se você quer um lanche rápido entre as refeições ou um lanche que te dê disposição antes do treino, é melhor optar pelas barrinhas de fruta ou cereais.

● Onde comprar?

Sempre que vou investir em barrinhas, procuro comprar na Super Saúde. Digo isso, porque as barrinhas da loja são 100% naturais, veganas e não usam açúcar ou outro ingrediente que possa comprometer a nossa saúde. As Go Paleo, por exemplo, tem quatro opções de sabores, sendo eles: castanha + alfarroba, macadâmia, amêndoas e cacau, castanha do caju + castanha do pará e macadâmia e coco, não tem lactose, glúten, sódio, nem soja e é totalmente natural. Já as da Yeah! Protein, possuem quatro sabores, sendo eles: o muffin de coco, bolo de laranja, paçoquinha e brownie e é livre de glúten e açúcar, é totalmente natural, vegana e não transgênica, além de ser uma fonte de fibras naturais. Para finalizar, também gosto muito das barrinhas da Pinati, disponível em três sabores, sendo eles: chips de coco, café com toque de canela e o original, ela são veganas, livres de aromatizantes artificiais, tem baixo teor sódio e não tem soja, glúten, nem açúcar. Além de ser uma fonte de fibras.

go paleo

pinati

Yeah Protein

Agora que você já sabe tudo sobre esses três tipos de barrinhas, está esperando o que para garantir a sua? Corre para a Super Saúde e aproveite!

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

36 Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *