Bata as suas asas e voe alto, há tantas coisas que você não conhece por aí!

O ser humano tem uma habilidade infalível de se acomodar naquilo que é simples, naquilo que não precisa de esforços, naquilo que é habitual. Nascemos, crescemos e seguimos sempre o caminho mais fácil. Um percurso que conhecemos do início ao fim, um percurso que a maioria das pessoas seguem, mas que nem todas são felizes nele. Um trajeto que se resume em: nascer, crescer, estudar, casar, ter filhos, trabalhar até se aposentar e morrer. Não que esse caminho seja errado, se ele está dentre as possibilidades que temos, não há porque não querer segui-lo. No entanto, é importante ver que há outros percursos além desse e que não há nenhum problema em querer fugir daquilo que é trivial e explorar novas possibilidades, afinal de contas, se elas existem, também devem ser vividas.

bata as suas asas

Há quem queira viajar pelo mundo e há aqueles que não querem sair da sua cidade natal. Há casais que querem ter filhos e há casais que querem seguir uma vida à dois. Há quem queira um emprego fixo e há aqueles que querem ser donos do próprio negócio. Há quem ame medicina e há quem ame a advocacia. Há quem queira casar de véu e grinalda e há quem queira seguir carreira solo. Há quem prefira ter gato e há quem prefira cachorro. Há quem queira fazer faculdade e há quem queira fazer curso técnico. Há quem goste de morar com os pais e existem aqueles que não vêem a hora de sair de casa. Há quem queira estudar, trabalhar, casar-se e criar seus filhos e há quem queira conhecer lugares novos, viajar e não se apegar.

Somos quase oito bilhões de pessoas no mundo, com uma perspectiva e uma forma de ver a vida diferente uma das outras. Somos oito bilhões de pessoas, escolhendo oito bilhões de caminhos, alguns iguais aos outros, outros completamente diferentes, no entanto, todos com o mesmo intuito: viver uma vida que sabemos que não durará para sempre, uma vida onde não existe certo ou errado, por mais que as pessoas hajam como se houvesse. É preciso não ter medo de seguir o que consideramos ser o certo para nós. É preciso tapar os ouvidos e ignorar o que as pessoas dizem. A única voz que devemos ouvir é a do nosso coração nos mostrando qual caminho seguir.

Eu sei que lá no fundo, onde ninguém consegue ver, você sabe qual caminho quer seguir, qual profissão te faria feliz, quem você realmente ama, quem você realmente é e onde você realmente quer estar. Eu sei que o medo já te impediu de fazer infinitas coisas, mas chegou a hora de ignorá-lo. Você merece viver como sempre quis. Você merece seguir os caminhos que te fazem feliz. Ninguém veste os seus calçados, portanto, só você pode ditar o que é melhor para a sua vida. Bata as suas asas, há tantos caminhos diferentes do que os que já vimos por aí, há tanta coisa para se ver, para conhecer, para se viver..

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

36 Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *