De hobby para trabalho: como profissionalizei o meu blog?

Há três anos atrás, quando decidi entrar para a blogosfera, muitas pessoas já conseguiam gerar sua renda através do conteúdo que elas produziam para as redes sociais. Além dos blogs, o Youtube estava ganhando espaço, assim como o Instagram. Porém, diferente dos dias atuais, era raro encontrar quem compartilhava sobre as formas de começar e de se trabalhar com as redes sociais. Por não ter tanta informação, trabalhar online se tornou uma verdadeira incógnita: apesar de saber que existia a possibilidade, ninguém sabia como isso era possível. É muito difícil encontrar todas as respostas que queremos sobre esse tipo de trabalho até hoje, afinal, quem o tem não quer compartilhar todos os seus segredos e revelar como isso se tornou sua fonte de renda. Fazem 1095 dias que o Minuto de Bobeira se tornou real, mas apenas 730 que ele se tornou meu trabalho fixo, e isso só aconteceu depois que decidi profissionalizá-lo.

ganhar dinheiro com blog

Não importa se você quer trabalhar com o Youtube, Instagram ou com Blog, é preciso entender que sua rede social é a sua marca, se você não cuidar dela dessa forma, ela nunca irá ganhar espaço no mercado. Quando criei o meu site só tinha condições financeiras de arcar com os custos de domínio e hospedagem e não fazia ideia de como profissionalizá-lo ou de como conseguir ganhar dinheiro com ele. Tudo começou aos poucos, com um layout extremamente simples, com uma escrita ainda mais simples e com um conhecimento extremamente baixo. Na minha lista de prioridades como criadora de conteúdo ganhar dinheiro nunca esteve no topo. Por mais, que eu precisasse dele para conseguir trabalhar, sabia que antes disso, precisava entender o que era a blogosfera e a partir disso, criar a minha marca e uma conexão com quem me segue.

Como citei acima, uma das primeiras que fiz foi comprar o domínio e a hospedagem do meu site. Esse era o único valor que podia investir na época e não hesitei em investir no domínio, que é um requisito básico para quem quer profissionalizar o seu site e criar a sua identidade e na hospedagem, que te entrega uma plataforma segura e que no meu caso, também facilitou a criação do meu layout. Em seguida, é importante cuidar do layout. Essa é a primeira impressão que seus seguidores terão do seu site, se essa impressão não for boa, provavelmente, ele não visitará mais a sua página. Toda a parte de criação do layout, desde a logo até o rodapé fiz sozinha, apenas com um conhecimento extremamente básico no Photoshop. Se você quer começar e não quer ou não tem dinheiro para investir, existe muitos tutoriais na internet ensinando o passo a passo de como criar o seu layout do zero.

ganhar dinheiro online

É muito difícil criar uma imagem se nem você sabe qual imagem você quer transmitir. Quando comecei escrevia sobre todos os assuntos: desde o mundo pet, até o universo da beleza. Apesar de não me limitar e estar sempre trazendo conteúdos diferentes, quem visitava o meu site não sabia muito o que iria encontrar. Definir o meu nicho não só me ajudou a entender o que eu queria transmitir, como fez o meu público entender o que encontraria por aqui, além de ganhar uma conexão maior com empresas que fazem parte desse nicho. Antes de criar qualquer conteúdo, é importante saber o que você quer transmitir com as suas redes sociais: se é beleza, textos autorais, fotografias, maternidade e etc. Isso será o seu norte para fazer qualquer outra coisa.

Não faça o que todo mundo faz. Esse universo das redes sociais ganhou uma proporção tão grande por trazer uma diversidade de conteúdos, que se conectavam com o que todo mundo enfrenta no dia a dia. Quando tudo foi se tornando igual, essa proporção foi diminuindo e acabou se saturando. Um exemplo disso, é um canal no Youtube que trás um novo formato de vídeo, com uma edição diferente e que mostra a realidade e um canal que apela para títulos, que faz apenas vídeos que estão em alta, trollagens que dão visualizações e assim por diante. O crescimento de um será muito maior que do outro e por quê? Porque aquela pessoa que mostra a realidade se conecta com a outra pessoa atrás da tela que tem uma realidade parecida, e é isso que a gente gosta de ver: gente como a gente.

O seu público é o seu melhor amigo. Uma das coisas que as pessoas esquecem conforme crescem é que elas só chegaram até ali por causa das pessoas que acompanharam e acompanham o seu trabalho. Sem elas, nada seria possível. Por isso, é importante estar sempre conectado com o público, interagindo, respondendo perguntas e comentários, estando sempre presente, da mesma forma que eles são com você.

Tente corrigir os seus erros. Quem nunca errou que atire a primeira pedra, não é? Principalmente, quando você está começando algo com poucas informações e sem entender realmente como funciona. Já cometi muitos erros durante esses três anos de blog e mesmo não podendo consertar o que acontece, sempre tento não cometer os mesmos erros e estar sempre me policiando para errar cada vez menos.

Invista no seu trabalho para que ele possa crescer. Ganhar dinheiro com as suas redes sociais é bom, mas melhor ainda é investir dinheiro nelas para conseguir produzir um trabalho melhor. Se você produzir sempre o mesmo conteúdo, com a mesma qualidade de imagem, vídeos, enfim.. é comum que isso caia na rotina e que seu trabalho se mantenha naquele mesmo padrão de sempre. É importante que você invista não só em equipamentos melhores, como também em conhecimento e em materiais que te ajudem a criar conteúdos novos. Nada cresce sem investimento.

Poderia passar noites escrevendo sobre todas as mudanças que o Minuto de Bobeira enfrentou. É muito difícil resumir tudo em um só post, por isso, caso vocês queiram ver mais detalhes sobre algum tópico em específico, me deixem nos comentários que irei fazer.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

38 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *