Algumas decepções fazem você abrir os olhos e fechar o coração

Mesmo que tudo ao seu redor esteja cinza, leve luz por onde você for. Seja a pessoa que cria sorrisos, memórias e afeto. É simples ser a pessoa que estraga o momento, causa a discórdia e se incomoda com a felicidade alheia. Difícil é querer o bem do outro, ser bem para o outro e bem para nós. Difícil é ser a solução do problema ao invés da causa. Difícil é ser diferente do que vemos diariamente. Difícil, mas não impossível. Difícil, mas tão necessário quanto respirar. Seja o bem. Seja luz nos dias cinzas. Seja quem você é, sempre escolhendo ser sua melhor versão, mesmo que as pessoas te desapontem, mesmo que você se decepcione, mesmo que você não for tratado como deveria. Se decepcionar, se magoar ou se surpreender com as pessoas é uma lacuna dolorosa entre nossas expectativas e realidade, que faz com que a gente abra os olhos, feche e coração e saiba que nem sempre vamos receber o que queremos, mas que sempre vale a pena ser quem a gente é.

Seja luz

Não é fácil se decepcionar com quem somos apegados. Não é fácil criar expectativas e ver tudo indo por água abaixo. Dói. Machuca. Mas, se não fosse por isso, nunca aprenderíamos, nunca veríamos o mundo com uma visão diferente da que temos agora. Criar conexões e vínculos com alguém é se sujeitar a viver momentos intensos, onde podemos ser felizes ao extremo, onde podemos viver o que nunca vivemos antes, mas também podemos ser surpreendidos por ações, sentimentos e versões, que não esperávamos. E não, isso não é algo ruim. Depois disso, ficaremos com um pé atrás e pensaremos melhor antes de fazer qualquer coisa. O desapontamento é algo que nos ajuda a abrir os olhos. Quando passamos por ele, evitamos futuras decepções, pois agiremos de uma forma diferente se passarmos por uma situação parecida. Nada nessa vida é em vão, tudo é aprendizado.

Nada nesse mundo fará com que as estrelas se alinhem para que possamos viver felizes para sempre, sem errar, sem se decepcionar, sem se magoar. Porque estamos aqui justamente para cometer erros e aprender com eles. Estamos aqui para explorar e ser explorado. Para amar e ser amado. Para se decepcionar e crescer. E quando já tivermos feito isso por diversas vezes, então, não precisaremos mais estar aqui. No entanto, não se esqueça, por mais que enfrentar esses desafios seja essencial para a nossa evolução, não devemos nos fechar para a vida, para as novas conexões e sentimentos, simplesmente porque algo não saiu como esperávamos ou porque alguém não é exatamente como pensávamos que era.

Ser feliz

Somos especiais á nossa maneira. Se decepcionar com alguém ou se surpreender negativamente não significa que estamos no caminho errado, tão pouco que o jeito que somos é ruim. Pelo contrário. Há cada pequena provação que enfrentamos, ficamos mais perto de quem somos, e conforme a gente se conecta mais com quem a gente é, mas seremos desafiados a confiar no que somos. Não faça das decepções algo ruim, faça das decepções algo que pode te explorar mais a fundo. Não faça das mágoas, uma desculpa para se afastar de alguém ou para não confiar em ninguém, faça delas uma forma de ver a sua relação com as pessoas de uma forma mais cuidadosa. Não use as dificuldades, como uma desculpa para se afastar de quem você é, se conecte ainda mais com quem você é, para não ter dúvidas sobre o que fazer quando uma dificuldade aparecer. Não se tranque no seu mundo. Abra os olhos e feche o coração quando precisar. Porém, não se esqueça que assim como existem coisas e pessoas ruins, também existem muitas coisas e pessoas boas, e é por elas que devemos ser o melhor que pudermos ser.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

52 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *