Ame as pequenas coisas. O amor está nos menores detalhes!

Fácil querer ficar quando tudo vai bem. Difícil quem quer ficar apesar do caos e ainda consegue ver a nossa alma bonita. Às vezes, reparamos tanto na grama do vizinho que esquecemos de regar a nossa. Andamos tão distraídos, olhando para o que os outros possuem, pensando no que não temos, que nem reparamos que fomos presenteados com pequenas dádivas: conseguir respirar, conseguir abraçar aqueles que amamos, acordar todos os dias e poder apenas viver, sem limitações. Esquecemo-nos, por um descuido qualquer, de ver que o amor mora nas pequenas coisas, de dar valor ao bom dia em forma de ”eu te amo”, àquele ”se cuida”, de alguém, que na verdade, quer cuidar da gente. Deixamos o abraço com cheiro de saudade se perder, perdemos a singularidade de um toque, o afeto na correria do dia a dia, brigamos por coisas pequenas, enquanto, ali na esquina ou do outro do lado do mundo, existe alguém que daria tudo para ter as pequenas dádivas que você tem.

Aos dezesseis anos de idade, Stella Grant vive uma rotina diferente da maior parte dos adolescentes: devido a uma fibrose cística, uma doença genética e sem cura, sua vida é cheia de limitações e o tratamento requer controle e uma rotina rígida, rotina essa que ela divide com seus seguidores em um canal no Youtube. É no hospital que Stella conhece Will Newman, que também sofre com a mesma doença, mas, ao contrário dela, tem uma atitude rebelde em relação ao tratamento e à vida. Cinco passos separam Stella de Will, mas quem disse que isso é motivo suficiente para afastar um coração do outro?

Em A Cinco Passos de Você, A Culpa é das Estrelas e Tudo e Todas as Coisas se encontram. Se você amou esses dois filmes certamente também vai se apaixonar pela história de Stella e Will. No entanto, o filme não se resume apenas ao amor impossível entre os protagonistas, mesmo o romance sendo o centro da trama. O papel da amizade na vida desses adolescentes também ganham ênfase, o companheirismo que acontece no hospital, tanto com a equipe de enfermeiras quanto entre os jovens pacientes é um dos aspectos mais especiais do filme.

cole sprouse five feet apart

Fibrose cística, uma doença que talvez você já tenha ouvido falar mas, que nunca soube com detalhes do que se tratava. Em A Cinco Passos de Você, conseguimos se aproximar da vida de jovens que sofrem com a doença e entender um pouco mais sobre ela, vemos de perto suas privações, sua esperança, o ”viver um dia de cada vez”. Tudo bem que o filme acrescenta doses extras de açúcar à rotina hospitalar – mas se fosse diferente, não haveria história para contar.

O filme é amor do começo ao fim. Você vai encontrar clichês – e eu até estranharia se você não esperasse encontrar. Mas também trás uma grande lição: é fácil viver quando tudo vai bem. Nós não paramos para pensar na grandiosidade por trás de um piscar de olhos, de um respirar fundo, de cada batida do nosso coração, ninguém para para pensar enquanto tem todos os órgãos vitais funcionando. Não valorizamos o ”boa noite” cansado, ao final do dia, e os esforços diários. É preciso reparar mais em quem sempre faz questão de estar perto, em quem não arruma desculpas e não usa o clichê ”falta de tempo”. Dê abraços demorados, beijos sinceros, ande de mãos dadas. Não espere perder para valorizar aquilo que trazia paz ao seu coração, aquilo que te sustentava nas piores tempestades.

a cinco passos de você

Vocês já assistiram A Cinco Passos de Você? Compartilha com a gente sua experiência com o filme!

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

53 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *