Look da semana: blusa ombro a ombro canelada, calça flare com detalhes e bota

”Poxa, bem que você poderia fazer uma dieta para caber naquele seu jeans 36, né?”, ”Mentira que você vai sair com esse cropped, olha sua barriga como ficou”, ”Mulheres bonitas não vestem 42”. Ah, os padrões de beleza.. quantas vezes já permitimos que eles ditassem como seriam nossas refeições, o número do nosso jeans ou o que podemos vestir. Ninguém precisa de barriga chapada, cintura violão ou pernas finas para usar o que quer. Ninguém precisa de dietas malucas, de photoshop em todas as fotos ou mil procedimentos estéticos. O que todo mundo precisa é se olhar no espelho e esquecer a voz da sociedade. Ouça apenas sua voz. Admire-se. Aprenda a se olhar no espelho e gostar do seu desarrumado, do seu jeito desastrado de ser, das suas próprias curvas. Esqueça o ”não ficou bom em você”, ”seu corpo não combina com isso”, ”você precisa parar de comer doce”, e lembre-se de perguntar mais a si: ”vou ser feliz usando isso?”, ”o que eu realmente quero?’‘, ”quem eu realmente sou?”.

blusa canelada

Olhe-se no espelho e explore a sua força e a sua coragem, não esqueça a sua história e tudo o que você suportou para chegar até aqui. Deixe para trás os medos, as inseguranças e todas aquelas palavras que já te feriram. Ame o seu cabelo, seja ele enrolado, crespo, liso, longo ou curto. Resgate a sua força e a sua coragem, vista a sua melhor roupa, que é a sua alma bonita e vá desbravar o mundo com sua ousadia. Ninguém precisa se comparar com as revistas ou com outro alguém, compare você com o melhor de si, com aquilo que pode melhorar a cada amanhecer. Se compare com aquilo que você tem de mais bonito e que de alguma forma se perdeu.

Alimente o seu ego sem precisar de elogios, goste da sua roupa sem precisar que alguém diga que ficou bom em você. Extrapole nas cores e combinações, sem ninguém precisar dizer que você acertou na escolha. Você não precisa ser alta e ter inúmeros likes nas suas fotos para ser bonita. Você não precisa vestir 36, viver de dieta ou ter roupas caras para se sentir bem. É preciso ousadia para sermos nós mesmos em um mundo de tantas cópias. Seja você e ame-se por isso, valorize seus traços e realce sua beleza, em vez de tentar mudá-la o tempo todo.

calça flare

Provavelmente, não usaria esse look há um ano atrás. Se saísse com ele, iria ficar olhando para ver se alguém reparava nas minhas curvas, na minha cintura reta ou no tamanho dos meus braços. Iria ficar tentando disfarçar o que não gostava, mas que hoje aprendi a admirar, porque é o que me faz ser quem eu sou. O mundo não irá te olhar com outros olhos enquanto você se olhar com olhos de julgamento. O mundo te trata da forma que você se trata. Depois que aprendi isso, entendi que é no erro e no acerto, no jeans 40 ou 42 e na falta de cintura que mora minhas singularidades e são delas que meu ser é formado.

O look de hoje foi feito com a calça flare com detalhes em destroyed e detalhes na lateral da Andando no Estilo, uma blusa ombro a ombro (não sei viver sem esse modelo de blusa) canelada, esse tipo de tecido me fisgou, além de dar um charme para a peça, ele elimina o ar opaco das peças básicas e trás um diferencial, dando outra cara para qualquer look. Para finalizar, usei uma bota cano curto (que quase anda sozinha de tanto que uso) feita com tecido napa.

Que nunca façamos a burrada de colocar o nosso amor próprio, nosso sorriso sincero, nosso abraço acolhedor em segundo plano para suprir as expectativas de ninguém. Que nós possamos valorizar cada dia mais os detalhes que compõem nossa beleza singular. Nós podemos ter pernas finas, podemos querer perder uns quilinhos, ter barriga chapada e até querer fazer uma dieta, mudar o corte de cabelo ou comprar uma roupa nova inspirada na moda, mas que todas essas mudanças sejam feitas por nós, unicamente por nós. Gostar daquilo que contemplamos no espelho sem precisar se ver pelos olhos dos outros é dessas belezas da vida que dinheiro algum compra.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

44 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *