Look da semana: calça flare destroyed + blusa nó listrada

Inúmeras roupas haviam saído do meu guarda-roupa. Já havia pesquisado sobre os mais diferentes estilos e definido qual era o meu. Já tinha em mente o que queria. No entanto, quando ia comprar uma roupa escolhia errado, e por quê? Porque não entendia que um guarda-roupa com dez peças funciona mais que um guarda-roupa com cinquenta peças, se soubermos escolher. O que importa não é a quantidade de roupas que você tem, e sim, a conversa que elas tem entre si. Se você abrisse meu guarda-roupa há um ano e meio atrás, iria encontrar calças estampas, blusas estampadas, bodys e calças extremamente justas, blusas de lã, mil botas. O que tornou meu guarda-roupa um móvel cheio de roupas, mas que não eram ideais para o meu dia a dia, para o clima da minha cidade e que ainda por cima, não combinavam com quem eu era.

Quando ia fotografar para o Minuto de Bobeira sempre usava as roupas que mais me identificava e adivinha? Isso foi a peça que completou o quebra-cabeças que eu precisava para saber identificar as roupas que eu gostava de usar e que deveria ter. Além de analisar o feed do meu Instagram e ver quais roupas mais usava, também me inspirei no feed da Lu Ferreira, a Chata de Galocha, que é uma pessoa que tem o mesmo biotipo e um estilo parecido com o meu. Depois que fiz essa observação, descobri minha paixão por peças mais chamativas na parte inferior do meu corpo (ou seja, saia, shorts e calças) e peças básicas na parte superior (blusas, camisas). E por uma ironia do destino, essas peças são as que mais combinam com o meu biotipo: que é o triângulo invertido.

O autoconhecimento é essencial na hora de comprar e elaborar uma combinação. Pode parecer que uma coisa não tem ligação com a outra, mas quanto mais você entender sobre o seu biotipo e sobre o que você quer expressar com os seus looks, melhor e mais facilmente você irá se vestir. Quer dizer, não é questão de se vestir melhor ou pior, mas sim de mais verdadeiramente: o seu guarda-roupa vai expressar o que você sabe sobre você e o que você quer mostrar para o mundo.

Essas mudanças não mudaram apenas a forma como me visto, elas deixaram meu guarda-roupa adaptado para o que preciso no dia a dia, me fizeram aproveitar as roupas que já tinha e quase não usava e ainda me faz economizar dinheiro. Se antes sentia a necessidade de comprar roupa todo mês porque nunca tinha o que vestir, hoje compro roupas esporadicamente, apenas quando preciso de algo específico, porque o que eu tenho, já atende todas as minhas necessidades.

Um exemplo disso, é a última escolha que fiz, que foi essa calça flare, com detalhe nas laterais e o destroyed que é uma referência que eu amo da Andando no Estilo. Essa calça é dona de uma modelagem que desenha perfeitamente o corpo, é flexível, confortável e combina facilmente com outras peças. E pasmem: ela custa apenas R$ 84,70 e com o cupom KAILA10 vocês ainda ganham 10% na Andando no Estilo em qualquer compra, sem custo mínimo. Para finalizar essa combinação, usei uma blusa listrada com detalhe em nó e com as mangas mais larguinhas e a sandália meia pata que é clássica e combina com t-u-d-o.

calça flare destroyed

relógio tumblr

Você já parou e se perguntou qual imagem você gostaria de transmitir para o mundo? Quais os elogios que gostaria de receber? O que você gosta, quando o assunto são bolsas, roupas, sapatos e acessórios? Se você se identifica mais com um estilo clássico, retrô ou sensual? Se você ainda não se questionou, pare e questione-se. Não é só o seu modo de se vestir que muda quando você busca se conhecer, tudo ao seu redor ganha uma frequência nova e te define mais. Ah, e esqueça essa história de que você só pode descobrir seu estilo quando ainda está nos seus vinte anos ou saindo da adolescência, nunca é tarde para descobrir quem você realmente é, esse processo pode acontecer em qualquer idade e em qualquer fase da sua vida.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

80 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *