Time blocking: como usar essa técnica para organizar o seu dia

Dois mil e dezessete foi um divisor de águas na minha vida, no início dele, foi meu casamento e um mês depois meu marido perdeu o emprego. Por um instante, ficamos sem chão. Naquela época, o Minuto de Bobeira já existia há um ano, porém, não conseguia gerar uma renda que amparasse nem metade das nossas contas fixas. Em meio ao caos, perdemos o medo de tentar e criamos coragem para seguir os nossos sonhos. Começamos a trabalhar juntos e no começo não foi nada fácil, fazíamos vários bicos para complementar a nossa renda e batalhávamos mês a mês para conseguir manter tudo o que havíamos construído até então. Escolhemos dar um tiro no escuro, seguimos o nosso coração e o tempo fez tudo se encaixar: os trabalhos foram se tornando mais estáveis, as contas foram se equilibrando, a vida voltou para os eixos. Contudo, uma coisa insistia em ficar fora do lugar: nossa rotina, nossos horários, a organização do nosso tempo.

Trabalhar em casa significa não ter horário para acordar, para comer ou para dormir. Significa não ter patrão, não ter salário fixo ou décimo terceiro. Vi minha vida mudar por inteiro para conseguir realizar um dos meus maiores sonhos. Vi meus horários se perderem, os julgamentos chegarem, a insegurança bater. Até tudo encontrar o seu lugar demorou e nossa rotina foi a mais afetada por isso. Encontrei a solução dos meus problemas na técnica dos blocos do tempo, que é como se fosse a pedra filosofal de todo bom esquema de organização e de planejamento, depois dela, conseguimos conciliar tudo o que precisávamos, sem abrir mão do nosso tempo e descanso. Se você trabalha em casa, o tempo todo ou apenas parcialmente, abrace os blocos de tempo e nunca mais deixe eles irem embora da sua rotina.

Um bloco de tempo bastante comum, por exemplo, é tirar o domingo de manhã e de tarde para cozinhar toda a comida da semana. Você bloqueia aquela parte do dia para mergulhar em algumas tarefas parecidas (nesse caso: lavar a louça, cozinhar, descansar, arrumar a cozinha, guardar as comidas em potes) e não faz nenhuma outra coisa até que tenha terminado. Encontrei o equilíbrio do meu dia criando blocos através dos períodos do dia – manhã, tarde e noite. Ou seja, quando o dia começa, sento e defino quais serão os compromissos que irei fazer naquele dia e os horários em que eles serão feitos. Por exemplo, publicar no blog, responder os comentários e e-mails até as 9:30, gravar tutoriais até as 11:00, fazer o almoço, almoçar e voltar a trabalhar até a 13:00, e assim por diante.

Alguns exemplos de atividades que todo mundo pode dividir em blocos de tempo:

  • Tarefas da casa – fazer aquela faxina, tirar o pó, limpar as janelas, limpar o banheiro, os quartos, etc. Defina quais tarefas você irá fazer durante a semana, o dia e horário e tenha uma agenda organizada, flexível e que otimiza muito do seu tempo.

Responder e-mails e ficar nas redes sociais, quanto tempo você fica na frente do celular enquanto as coisas que realmente importam ficam para segundo plano? Definir um tempo específico do dia para estar conectado é essencial para que você seja mais produtivo e consciente com o seu tempo.

  • Sair com os seus amigos e se dedicar ao seu lazer – quantas vezes você recebeu um convite e negou, com o pretexto de estar sem tempo? Ou deixou de fazer algo para você porque precisava fazer mil coisas que você deixou para última hora? Com a organização em blocos você organiza sua rotina de trabalho e também sua rotina de descanso, conseguindo sair sem se preocupar com o trabalho ou tendo tempo disponível para se dedicar ao que você gosta de fazer sem preocupação.

Antigamente, não era apenas o meu trabalho ou minha alimentação que sofriam com os meus horários bagunçados, o meu sono também foi um dos mais prejudicados. Hoje, quando vou organizar minha rotina o meu descanso é uma das minhas prioridades. Uma das coisas que mais me ajudam, além da organização em blocos, é me desligar por completo, tomar banho com calma, colocar um pijama confortável, ler um livro ou olhar as redes sociais sem compromisso e deitar cedo para dormir, mesmo que eu não esteja com sono. Nesse momento, os pijamas da Pijamas ETC entram em ação, tornando esse momento ainda mais aconchegante. Além das variedades de estampas que a loja possui – que são incríveis por sinal -, eles ainda fornecem pijamas femininos para gestantes, infantis, masculinos, pijamas plus size e os famosos conjuntinhos para mãe e filha que são a coisa mais linda. Adicione essa pitada de conforto e aconchego em seus dias também.

Os blocos de tempo são muito mais uma lista para te servir de guia do que uma prescrição insubstituível. Se você não puder cozinhar domingo de tarde, tudo bem. O mundo não vai cair. Até porque, novos hábitos não entram para o nosso estilo de vida de uma hora para outra, seja consciente ao criar seus blocos de tempo, ou você não irá conseguir segui-los. Se você quer ler e não tem esse hábito, ao invés de colocar em seu bloco do tempo que você irá ler duas horas por dia,  coloque que você irá ler todos os dias depois do almoço ou logo antes de dormir. Dessa forma, você provavelmente irá se lembrar de ler com mais frequência e não se sentirá pressionada para fazer aquilo, apenas porque colocou em seu bloco de tempo.

Faça o seu bloco de tempo como uma forma de se lembrar de tudo o que você precisa fazer, como uma forma de ver que você consegue encaixar todos os seus compromissos, seu horário de descanso, suas refeições e seu lazer, dentro das suas vinte e quatro horas. Há tempo para tudo, desde que tenha organização. Organize-se, planeje-se e escreva o seu bloco de tempo com o máximo de pé no chão que você conseguir. Aposto que essa mudança fará a plantinha da produtividade florescer no seu jardim.

Como você organiza os seus horários?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

30 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *