O pior castigo de certas pessoas é ter que aguentar a si mesmas o dia todo

Tem gente que reclama de tudo e de todos. Tem gente que faz e coloca a culpa no outro. Tem gente que instala o fardo dela na gente. Tem gente que parece nuvem, que chega para nublar o dia, estragar o churrasco, o clima. Tem gente que estraga o dia antes mesmo dele começar, preveem tempo ruim, trânsito, criam problemas que nem existem. Tem gente que trata mal os outros, como se o mundo estivesse ali para bajular seu ego. São rudes com vendedores, frentistas, colegas de trabalho, com garçons. Tem gente que só sabe falar mal de qualquer um. Fofocam em casa, na rua, no trabalho. Maldizem, destilam veneno. Carregam em si o efeito gangorra: quando sentam, todos se levantam.

Teve um tempo em que eu ficava triste, me deixava levar pela negatividade alheia e até me culpava pelas atitudes dos outros, pensando que se eu agisse diferente a pessoa não seria daquela forma. Acontece que cada pessoa é dona de uma essência, de um pensamento e nós não podemos nos responsabilizar pelos fardos que os outros criam. É difícil, mas um dia a gente aprende a não deixar os erros dos outros se tornarem nossos. E por mais que seja impossível não se chatear com as pessoas, é importante se lembrar que para muitas delas, o pior castigo é terem de se aguentar vinte e quatro horas por dia.

O que devemos ignorar para ser feliz?

Todos os dias enfrentamos diversas situações, boas e ruins. Conversamos com pessoas que torcem por nós e também com pessoas que torcem contra nós. Ficamos em lugares que sugam nossas energias e também em lugares que equilibram o nosso ser. Normalmente, é fácil perceber quando algo está nos fazendo bem e também é fácil perceber quando algo está sendo tóxico. Ainda assim, na maioria das vezes, permanecemos nos mesmos lugares, com as mesmas pessoas, por medo de magoar, por medo de deixar ir, por medo de estarmos sendo injustos, e continuamos ingerindo aquela negatividade, até que um dia, ela nos consome por completo.

Não deixe que isso aconteça com você, para ser feliz é preciso ignorar:

Críticas de outros, ninguém pode nos afetar sem o nosso consentimento. Somos nós que validamos as opiniões dos outros. O que os outros pensam sobre as decisões que tomamos não deve ser importante para nós, já que estamos tão propensos a cometer erros quanto eles.

Pessoas que pensam que são especialistas na vida de tudo. Eles terminam conscientemente ou inconscientemente, criando inseguranças e pequenas frustrações nas pessoas ao seu redor. Ignore esse tipo de atitude, porque ela só nos leva à frustração.

Comparações obsessivas, não há pessoa mais insignificante do que aquela que usa suas realizações para menosprezar os outros. Sucesso é bom, desde que você não o use para fazer com que os outros se sintam muito pouco. Mantenha seu foco para continuar crescendo e lembre-se de que o que você obtém depende do que você acredita.

Preocupações infundadas que ocupam seu tempo e seus pensamentos, preocupe-se com o que realmente merece suas preocupações. Potencialize seu olhar positivo e não se preocupe em vão. Nem tudo é ruim.

As falhas erradas, aquelas que te atiram e você assume. É realmente sua culpa ou é isso que querem que você acredite? Às vezes acreditamos que somos pessoas más, mas porque é isso que os outros nos fazem acreditar com o desejo de nos manipular. Não caia nessa armadilha, livre-se de faltas faltas!

Ignore aqueles que te ferem gratuitamente, que querem te paralisar para que você estagne no nível da miséria emocional em que eles se encontram. Comece a confiar em si mesmo e faça ouvidos surdos às palavras que só vêm com o mal. Porque ninguém é capaz de acabar com a grandeza, com a luz e essência que possuímos aqui dentro, ninguém tem poder algum sobre as nossas verdades, a não ser que deixemos.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

32 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *