Cuidado ao falar mal dos outros: quem garante que não falarão mal de você também?

Há pessoas que são como um livro aberto, sem pudor, elas revelam sua história, seus segredos mais profundos, elas simplesmente, não conseguem esconder nada. Já fui assim, duas frases eram suficientes para que eu começasse a revelar minha vida inteira para quem quisesse ouvir. Até que as coisas que eu contava para familiares – na maioria das vezes, era para eles que me abria -, começaram a vir à tona, em forma de piadas em almoços ou reuniões de família. Depois disso, aprendi a fechar o livro. Foi uma mudança sutil, mas que me mostrou que as vezes, a melhor forma de viver é ficando de bico calado, seja sobre nossa vida ou a de outro alguém. Afinal, se alguém fala dos outros para você, quem garante que ela não falará de você para os outros?

Vivemos em meio ao caos, batalhamos o tempo inteiro para vencermos cada dia, portanto, se não pudermos espalhar boas energias, bons pensamentos a favor das pessoas, então, que a gente possa se silenciar. Afinal, há tanta coisa a ser feita na nossa casa para apontarmos o dedo para a sujeira do vizinho. Silenciar é um gesto de sabedoria, de encontro com o que é realmente importante e deve ser levado adiante, de retomada de equilíbrio, de regeneração das mágoas. Ninguém sabe como será o dia de amanhã, e por mais clichê que seja, a vida realmente dá voltas, e pode ser que aquilo que você tanto recriminou e condenou na vida alheia, venha acontecer na sua própria vida.

Por mais que você conheça uma pessoa, você jamais conhecerá sua verdadeira história. Só quem vive sua vida é você, não são seus pais, seus irmãos, seu namorado, nem ninguém, somente você sabe o que você realmente vive. Portanto, não participe e nem dê ouvidos para quem julga ou narra uma história que foi revelada por acaso ou descuido, porque isso pertence à privacidade de alguém e, esse é um lugar que ninguém deve entrar sem o consentimento do outro.

A hipocrisia se revela se você souber distinguir seus detalhes, se alguém faz ou fez algo que te incomodou, te irritou ou te magoou, você deve resolver isso com aquela pessoa. Caso contrário, em vez de resolver o problema diretamente, você só irá levar as falhas daquela pessoa até os ouvidos de terceiros, que apenas irão repassar a história, que nunca terá fim. Contar as coisas que te fazem se sentir mal, e depois agir como se nada tivesse acontecido não resolve a situação. Pelo contrário, você intoxica os outros e a si mesmo.

Quando a hipocrisia se eleva e se torna o verdadeiro mal, mentiras completamente elaboradas, rumores infundados, detalhes íntimos contados em uma mesa de bar, são estratégias que algumas pessoas usam para atrair e obter a atenção do restante. Eles não ligam se aquela notícia irá ofender, magoar ou se é verdade ou mentira. Eles não ligam se estão julgando ou narrando uma história que nem conhecem. Eles apenas espalham palavras, sem se preocupar com os efeitos que elas terão. Nem sempre é fácil, mas devemos escolher entre estar no meio dessas pessoas, que as vezes são pessoas que confiamos, familiares ou alguém muito especial para nós, ou se afastar, para o nosso próprio bem.

Viver e cercar-se de pessoas autênticas é a recompensa por não praticar a deslealdade. Ninguém vai recompensá-lo por não querer falar da vida dos outros. Ninguém vai decorar você com uma medalha por não entrar em um jogo sujo que alguém coloca em uma bandeja de pratas. Pelo contrário, você pode perder o contato com algumas pessoas, você será vítima de dúvidas e muitos questionarão sua atitude. No entanto, no final do dia, quando você estiver longe de qualquer hipocrisia, você receberá uma recompensa escondida dentro de si: você vai viver mais cercada pelo oposto.

Devemos ter cuidado com quem fala e prejudica os outros pelas costas. Logo você poderia se ver com a mesma adaga nas costas, sem saber quem te fez sangrar.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

56 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *