A pergunta que não quer calar: por onde começo a me amar?

Com dezesseis anos, me mudei da casa dos meus pais, ainda estava no colegial, não sabia o que queria da minha vida, nem se passava pela minha cabeça como era as responsabilidades que uma vida independente trás, e não fazia ideia de quem eu realmente era. Foi na dor que me refiz, que entendi como era o mundo, que descobri quem eram as pessoas que me rodeavam. Foi na dor que compreendi que o nosso propósito nessa terra não é conquistar o carro do ano, a casa própria ou ter o guarda-roupa lotado de roupas de marca, tudo isso fica, tudo isso é passageiro. O que você é, o que você faz, a marca que você deixa por onde você passa é o que fica.

Quando você decide não fazer vista grossa, você conhece quem é quem, porque na maioria das vezes, as máscaras caem na nossa frente, a gente que finge que não vê. Minha ”melhor amiga” na escola, dizia que quando eu faltava era porque estava fazendo marmita para marido, que o lugar onde eu fazia meu curso técnico era horrível e se vangloriava porque ia fazer cursinho quando acabasse a escola para prestar uma faculdade pública. Que tipo de amizade é essa que precisa diminuir para se enaltecer? Ou que tira conclusões precipitadas quando não se conhece a realidade do outro? Nós não precisamos de amigos assim. O primeiro passo para se conhecer é excluir o que é tóxico da sua vida, o que te faz esconder quem você realmente é.

No fim, você percebe que na guerra com a vida, os únicos soldados são você e ela. Quando meu marido perdeu o emprego, nenhum dos nossos amigos que vinham em churrascos ou saiam com a gente em fins de semana, bateram na nossa porta e perguntaram se precisávamos de alguma coisa. Familiares apontaram o dedo e se sentiram no direito de palpitar e impor o que deveríamos fazer. Sabe o que aconteceu no fim? Percebemos que nossa casa era cheia enquanto tínhamos o que proporcionar. Quando recomeçamos, prezamos muito mais um pelo o outro e por aqueles que ficaram. Me tornei mais grata e passei a valorizar muito mais o que tenho, ao invés de viver em torno do que não tenho.

Ouvi de uma das pessoas mais importantes do mundo para mim, que eu era superficial por usar maquiagem até para comprar pão e por andar sempre com roupas ”melhorzinhas’‘. Será que andar com uma calça jeans, uma sapatilha e uma blusa qualquer é ser mais que alguém? Será que andar com o cabelo bagunçado, sem maquiagem é ser desmanzelada? Você já reparou que você pode se moldar de mil formas diferentes, sempre terá uma pessoa para apontar o dedo e te julgar? E quer saber? Tudo bem. Porque é você quem vai ter que acordar cedo para trabalhar e comprar as suas roupas, pagar as suas contas, é você quem vai chegar cansada e vai ter que arrumar a sua casa, cozinhar a sua comida. Me diz, o que a opinião do outro muda na sua realidade? Nada não é? Então.. porque ela deveria mudar a sua autoestima?

Faça um favor a si mesma: tire aquela roupa do guarda-roupa que você sempre quis usar por medo do que as pessoas irão pensar. Mude-se de casa se você não gostar da sua. Peça demissão do seu emprego se você se sente infeliz, siga o que você ama, faça aquilo que faz seu coração bater mais forte. Termine seu relacionamento se você está nele por medo de ficar sozinha. Se joga naquele biquíni que você nunca usou por causa das suas celulites. Regasta-se. Vista-se de si. Só assim sua essência se desnuda. Só assim você se solta de quem as pessoas gostariam que você fosse e se torna quem você realmente é, quem você sempre quis ser.

Para fechar esse post com chave de ouro, trouxe essa combinação que fiz com essas cinco peças que se tornaram as minhas favoritas dos últimos tempos: usei uma regata que é super funcional e prática para usar com tudo, com a jaqueta jeans, que também é outra peça coringa e super versátil para se ter no guarda-roupa – o mais legal dessa, é que ela é uma peça usada que encontrei no Mercado Livre por apenas R$ 50,00.

Essas duas peças são perfeitas para compor as mais diversas combinações, dessa vez, as usei com esse short saia de cintura alta da Espaço Cute. Ele possui detalhes alguns detalhes na frente e tem zíper atrás, essa é uma peça que pode ser usada tanto na correria do dia a dia, como para passear. Sendo versátil e funcional para se ter!

Vocês perceberam o quanto tenho usado os calçados da Domidona ultimamente, né? Depois que experimentei as sandálias de salto alto e vi o quanto elas eram confortáveis, decidi investir em outras opções de calçados que pudesse usar na correria do dia a dia, e encontrei esse tênis no estilo Old School. Incrível como ele casa perfeitamente com qualquer combinação e deixa o nosso estilo cheio de conforto, estilo e modernidade!

O que sempre te impediu de ser você mesma? Compartilha com a gente!

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

99 Replies to “A pergunta que não quer calar: por onde começo a me amar?”

  1. Esse short saia está lindo!

    Beijo!
    Cores do Vício

    1. Sou suspeita em falar, né? Ele é muito lindo mesmo! ❤

  2. Olá Kaila, tudo bom?^
    Excelente texto! Com o passar dos anos fui tirando todos os amigos tóxicos da minha vida e até hoje são poucos que eu converso e que realmente me conhecem.
    Amei o look, ficou lindo em você e bem confortável!

    Beijo,

    http://www.purestyle.com.br

    1. Oi Fernanda, tudo bem e você? Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, viu? Obrigada! ❤

  3. Lookinho lindo dos pés a cabeça, amei ♥
    E post pesado, mas importante. Achei bem bacana!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    1. Muito obrigada, Váh. Fiquei feliz por você ter gostado! ❤

  4. Amei a reflexão e o look Kaila, uma gracinha *_*

    bjs

    Ariadne ♥
    https://www.devoltaaoretro.com.br

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Ariadne! ❤

  5. Oi Kaila, tudo bem?
    Acho que o amor próprio está muito ligado a autoconhecimento, a saber o que gostamos ou não, e a respeitar essas escolhas.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    1. Oi Prih, tudo bem e você? Sim, quanto mais a gente se conhece, mais sabemos ouvir os sinais do nosso corpo, do que a gente realmente quer.

  6. Que texto real!!! Muitas vezes ligamos muito pro que os outros dizem, mas apenas cada um sabe o que passa e o que é de verdade.

    Ah, o look está lindo. Estou louca por uma jaqueta dessas!

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Paulina. Comprei essa no Mercado Livre! ❤

  7. Olá Kaila
    O que dizer desse texto maravilindo?
    Uma só palavra seria suficiente: perfeito palavras de sabedoria ditas com suavidade e poetice inspiradora.
    O look está lindo demais, sensacional essa jaqueta jeans com o tênis old school.
    Esse short saia vai bem com tudo, apaixonada por ele.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    1. Você sempre me surpreendendo com esses comentários, né? Muito obrigada, não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, viu? ❤

  8. Adorei o tênis, o look.
    Ta tão linda.
    E as fotos ficaram ótimas.
    Beijos!
    http://www.pamlepletier.com

    1. Muito obrigada, Pam. Fiquei muito feliz por você ter gostado! ❤

  9. Oi Kaila

    que texto!!!
    realmente, nós valorizamos demais as opiniões alheias!
    super importante td que vc escreveu, é assim msm, n importa cm sejamos ou estejamos, nunca vamos agradar a tds!

    Adorei as peças que vc apresentou!

    Bjoooooooos

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Fernanda! ❤

  10. Oi Kaila,

    Mais um texto inspirador como sempre.
    Sempre acabamos criando um molde no que os outros pensam e deixamos de seguir nossas escolhas.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    1. E a vida é tão passageira para viver tentando agradar os outros, né?

  11. Olá Kai, que texto maravilhoso!!! realmente grande parte das pessoa são tóxicas e muitas vezes aquela que está sempre ali com a gente (amigos, família). Creio que temos que temos que fazer da nossa companhia a melhor opção.

    Folhas De Netuno

    1. Sem dúvida, tudo o que buscamos está dentro de nós, mas infelizmente tentamos encontrar tudo nos outros ao invés de se explorar!

  12. Maravilhoso esse texto!
    É bem isso meso, tirar da nossa vida tudo que não nos faz bem…e tudo que não vai interferir em nada no nosso cotidiano!

    Beijos,
    Gábi

    Blog @gabrielaer
    Ig: @gabrielaer

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Gábi! ❤

  13. Silvana Crepaldi says: Responder

    Olá, Kaila.
    Muito boa a sua reflexão. Quando aprendemos que nossa opinião é a unica que importa, a nossa vida se torna muito melhor.

    Prefácio

    1. Que bom que gostou Silvana, fico feliz! ❤

  14. Oi, Kaila!
    Amei o seu look. E seu texto está arrasador, como sempre.
    Beijos
    Balaio de Babados

    1. Obrigada, Luiza. Fiquei muito feliz por você ter gostado, viu? ❤

  15. OI Kaila!
    Muito legal seu texto e quanto ao look, ficou bem bacana e confortável.
    Beijos
    https://garotadoscremes.blogspot.com/

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Glaucia! ❤

  16. Fotos lindas amiga, adorei esse tênis muito lindo.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia
    Instagram
    Facebook

    1. Que bom que gostou Jana, fico feliz! ❤

  17. Com certeza sempre vão haver pessoas que vão apontar o dedo e julgar. Nós temos que praticar o desapego e parar de ouvir conselho de quem só quer nos derrubar.

    1. Exatamente, Monique!

  18. Amei demais o post, o look ficou lindo. Encantada no seu tênis.

    Beijos
    http://www.pimentadeacucar.com

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Juliana! ❤

  19. Amei o texto e é bem isso, não importa que façamos que vamos ter pessoas nos julgando. E amei o look.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Anete! ❤

  20. Oi, Kaila! É mais do que real. Tenho 18 anos e me sinto feliz em dizer que aprendi TUDO isso! Foram 5 anos de terapia, remédios (Ainda faço e ainda tomo), meditação e MUITA dor, muita facada nas costas e muito chororô. Mas APRENDI e não deixei minha fofura de lado, muito menos a doçura, nerdice, garra de aprender, falar, fazer amizade, sorrir pra todo mundo e soltar um: “Bom dia!/Boa tarde!/Boa noite!/Com licença, por gentileza./Por favor…”! O seu texto me definiu. Eu AMEI as fotos! DE VERDADE! Estou organizando meu blog. Em breve estará lindinho como o seu! Beijinho, beijinho e até mais. c:

    1. Mesmo com tantas cicatrizes, incrível como tudo isso nos da força ao invés de nos fazer perder a nossa essência, né? Tudo o que passei é o meu combustível para buscar uma vida melhor! Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, viu? Sucesso com o seu blog! ❤

  21. Concordo plenamente com seu texto. Muita gente falsa. Está conversando algo com você, e quando chega em casa comenta com alguém algo que não gostou.
    Ah, e existe muita gente presa na vida que não quer por medo do que vão pensar, ou no que irão apontar! Infelizmente a sociedade é assim e o que nos resta é…. O FODA-SE!!! Não ligar pra opinião alheia! Seguir nosso coração!
    Abraços <3
    Ah, e seu look tá lindo, são 3 peças curingas incríveis no modo de como podem combinar com outras roupas!

    nicenessbeauty.com

  22. Kala amei o look as peças são bem confortáveis, gostei muito do seu texto é uma reflexão para ser refletida, Kaila bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Lucimar! ❤

  23. Oi, Kaila!
    Depois de uma super decepção no ano passado, eu aprendi que nós temos que nos bastar. Agora eu sei que eu não preciso de ninguém pra ser feliz e que eu tinha muitos sonhos e vontades que ficaram pra trás. Agora estou aprendendo que eu se eu gosto de mim, o resto não importa. Estou atrás do que eu realmente quero e já sei que vou conquistar muitas coisas e muitas experiências legais pensando dessa forma.
    Beijinhos.

    1. Não é fácil enfrentar algumas decepções, mas é incrível como a gente muda depois delas, né? ❤

  24. Que legal conhecer um pouco mais da sua história…
    Sinto muito você ter que ter passado por tanta coisa assim, não deve ter sido fácil, mas que bom que hoje você vê o motivo de tudo isso.
    Beijinhos,
    Blog Entre Garotas

    1. Tudo é aprendizado, se não tivesse passado por tudo isso, com certeza, não seria quem sou hoje. E isso seria péssimo!

  25. Amei o texto, muito motivador! Eu mesma comprei um biquíni novo pra ir à praia semana passada, as peças são do tipo que eu não usaria antigamente, mas resolvi me libertar de estigmas. Além disso, gostei muito do seu look, principalmente o short saia *-*
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado e por você ter se arriscado a se jogar em algo novo, não é fácil, mas é libertador! ❤

  26. Kaila, ameu seu texto e ele se resume em uma unica palavra: AMADURECIMENTO! Chega uma hora na vida da gente que entendemos o que realmente importa!
    Amei seu look, bem confortável e despojado!

    Beijos…

    >>Blog da Gio<<

    1. É exatamente isso! Fiquei muito feliz por você ter gostado, viu? ❤

  27. Oi Kaila
    Simplesmente amei o post.
    Aquela bem “Falou tudo ,amiga”

    Eu antes me importava ( na verdade ainda me importo um pouco) com os que as pessoas achavam de mim .

    Mas na verdade quando eu precisei de um ombro para chorar porque fui machucada não tinha ninguém do meu lado,além de Deus .Nem minha mãe pode me dar esse consolo porque ela ainda estava mais triste do que eu.
    Quando comecei a me levantar começou aparecer as pessoas,mas de novo, quando eu tomei uma decisão um pouco ousada, de me livrar de algo que não me fazia feliz sofri uma enxurrada de crítica das mesmas pessoas que quando eu chorava ,eles sabiam e não estederam a mão para mim.

    Tem muita gente que só sabe criticar e não tem a menor capacidade de empatia.
    Eu confesso que eu tenho muita dificuldade de confiar nas pessoas e essa experiência foi uma delas.

    Mesmo assim eu ainda tinha essa mania de querer agradar e me culpar muito quando não sinto essa aprovação ,o que mudou um pouco esse meu padrão foi a meditação.
    Eu sinto em muitos momentos que eu tenho muito mais amor propio do que antes.

    Amei o post
    E desculpa o comentario enorme

    Beijos

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    1. É muito fácil ter amigos nas horas boas, nas horas de festa, né? Mas quando a gente realmente precisa, a gente vê que tem um ou dois – ou ninguém. E é nessa hora que a gente precisa se refazer sozinho e cria forças para mudar. É difícil, mas é necessário para a nossa evolução! ❤

  28. Oi, Kaila!

    Adorei a sua combinação de roupa, e também adorei o texto. O que mais tem por aí são pessoas querendo nos derrubar e julgar nossas ações. Temos que ser felizes com nosso próprio jeito e nossas escolhas, sem deixar que opiniões alheias nos afetem. Sabemos do que somos capazes, e tudo isso faz parte de um grande amadurecimento!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Carol! ❤

  29. Que reflexão maravilhosa, nos livrar de coisas e pessoas tóxicas é muito importante. Eu amei seu look
    Charme-se

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Simone! ❤

  30. Esses tipos de pessoas que se dizem amigos e só sabem rebaixar a nossa autoestima para se enaltecer é horrível demais. Eu tive amizades assim também na época do ensino médio e a melhor coisa que fiz foi me afastar desse tipo de pessoas que não emanam luz.
    Amor próprio é tudo, não importam o que falam.. Nada nos abala quando temos amor próprio.

    Sua reflexão é ótima e gosto do jeito que você escrever. O look está maravilhoso e combinou muito com você ♥

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Lizzie. Obrigada! Época da escola acho que é a pior, né? Minhas amizades mais tóxicas foram feitas nessa fase. Que bom que tudo passa! ❤

  31. Adorei o texto! Realmente muita coisa pode acontecer, mas o que importa somos nós e como podemos nos aceitar. Optimo para ajudar a reflectir sobre isso =)
    Já o look ficou super lindo! ~ Mesmo como vc ❤
    beijinhos

    Rafaela Borges || InstaGram || KnightLaand ❤

    1. Obrigada, Rafaela. Não sabe cmo fiquei feliz por você ter gostado, viu?

  32. Eu amei esse look.
    Sabe, você nunca conhece alguém 100% e sempre irão te julgar independente de qualquer coisa. Isso é fato.
    Eu acho que temos que valorizar quem está ao nosso lado em todos os momentos e não só nos bom, isso faz bem pra saúde mental.
    beijos

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Tay! ❤

  33. Que texto maravilhoso amiga! Arrasou demais!
    Fiquei impressionada com sua história de vida, eu aqui aos meus 39 também não sei o que fazer da vida, e fico pensando o que eu poderia ter feito…
    Mas uma coisa eu sei, ser sempre eu mesma, não importa o que os outros pensem!

    1. Obrigada, Patty. Acho que por ter saído de casa muito cedo, ganhei muita história para contar, rs. Nunca é tarde para recomeçar, para encontrar nossos caminhos, lembre-se sempre disso. Você ainda pode fazer o que quiser, idade é apenas um número! ❤

  34. Que texto lindo, como sempre suas reflexões são ótimas. Nos amar deveria ser nossa meta todo o tempo e o tempo todo. O que o outro acha, como você disse, pouco importa, o que importa é o que achamos de nós. Eu tento muito me apegar a essa ideia para não deixar de ser eu mesma para agradar o próximo e confesso que é ótimo.

    Iasmin Guimarães | E agora?

    1. Acredito realmente que se conhecer e quebrar essas amarras que a vida põe na gente é o nosso propósito, sabia? Porque é incrível como a gente se preenche, como tudo passa a ter sentido quando a gente explora quem nós somos! ❤

  35. O mais importante é você ser feliz. Eu sofria bullying porque nunca me importei com a opinião dos outros. E confesso que não me arrependo de ter sido fiel a quem realmente sou.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    1. Você sempre será julgada, sendo quem você é de verdade ou não. A diferença é que quando a gente é quem a gente é e não liga pro que os outros fala, passamos a ter uma força e uma coragem que nada abala, nada atinge! ❤

  36. Que texto! Melhor conselho para a vida é se desapegar do que não nos faz bem!
    adorei o look, principalmente a jaqueta e tenis!

    Beijocas;
    Rah Assis Blog
    Instagram

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Rah! ❤

  37. Hey Kailinha!
    Isso é verdade
    sabe que esse tipo de gente se finge de amiga porque no fundinho acaba tendo uma invejinha
    e quer ver o que voce faz com sua vida… Hoje ja vejo com outros olhos essas coisas, sabe? É bom crescer também e aceitar e também lutar pela gente mesmo
    seu post foi maravilhoso, amei!

    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Pâmela! ❤

  38. Oi, Kaila!
    Eu fico feliz que, apesar de tudo, você conseguiu sobreviver. É complicado lidar co m pessoas em um mundo cada vez mais individual e materialista. Concordo com você sobre eliminar o que não faz bem e tenho tentado me conhecer o máximo possível.
    Acho que é importante trazer este assunto à internet. Parabéns pelo post.
    E, adorei o look!

    Beijos,
    Fernanda Rodrigues

  39. Oi Kaila, que texto, viu? Eu ouvia muita baboseira que pessoas que eu julguei minhas amigas falavam… e hoje eu vejo que não sou nada daquilo. E quando passei a não deixar mais que me ponham para baixo, percebi que essas pessoas sumiram… É como você falou, se a pessoa precisa te colocar para baixo para se enaltecer, não é sua amiga de fato…
    Ah, amei sua combinação, em especial o tênis!
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

  40. Adorei a reflexão, muitas vezes nos distraímos focando em coisas externas a nós quando nossa felicidade depende inteiramente do que vem de dentro.
    Amei seu look, esse tênis é lindo.
    Beijos

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Natália! ❤

  41. Oi Kaila, que coisa mais linda você expondo as suas feridas e mostrando como você tem superado. Infelizmente nossa sociedade é baseada no que nós temo ao invés de se basear no que nós somos, aquela menina que você dizia ser sua amiga definitivamente não era nem colega.
    É aquilo que você disse, no final do dia vai ser só você para enfrentar os seus problemas e nossa vida só será mudada por algum comentário se nós permitirmos que esse comentário nos atinja de alguma forma. Confesso que eu me abalava muito fácil ou ficava irritada com os comentários que faziam sobre qualquer coisa que eu estivesse fazendo ou usando, mas que atualmente eu venho trabalhando para que isso não venha tirar o meu sossego ou o meu foco de alcançar meus objetivos.
    Parabéns pela sua coragem porque eu sei que muitas pessoas aqui do seu blog se inspiram e ainda irão se inspirar em você, continue sendo essa luz para quem precisa <3
    Blog Covil Dourado | Instagram

    1. Ah Jennifer, você não sabe como seu comentário me encheu de amor, gratidão e gás para sempre produzir conteúdos como esse. Por sorte, essas feridas me fizeram mudar e hoje me ajuda a inspirar quem também passa por isso! É meu propósito. ❤

  42. Natali Loure says: Responder

    Adorei a reflexão! Realmente, uma das melhores maneiras de e descobrir é afastar as pessoas tóxicas da sua vida, tanto amizade, família, relacionamentos e situações que te deprimam.

    http://www.nataliloure.com.br

    1. Que bom que gostou Natali, fico feliz! ❤

  43. Hey Kaila! Tudo bem?
    Adorei o seu tênis, não conhecia essa marca.

    1. Oi Thamiris, tudo bem e você? Fico feliz por ter gostado, vale a pena conhecer, ele é confortável demais! ❤

  44. Que texto lindo Kaila! Me emocionei lendo, tudo o que você falou é uma grande lição para levarmos para nossa vida, parabéns de verdade pelo seu texto!

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Cássia! ❤

  45. Arrasou no texto e disse tudo, Kaila! O que mais vai existir são pessoas nos julgando e pior ainda é quando elas se mascaram atrás de uma suposta amizade. Dói, mas cortar essas pessoas das nossas vidas é a melhor coisa sempre! Adorei o look também, tá linda.

    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com

    1. Muito obrigada, Gabriela. Fiquei tão feliz por você ter gostado! ❤

  46. Silvana Almeida Souza says: Responder

    Kaila sua reflexão como sempre está incrível, amei teu look completo as peças ficaram perfeitas juntas!
    Beijos
    http://www.silalmeida.com

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Silvana! ❤

  47. Thais Pereira Terra says: Responder

    Muito bacana o texto! E o look ficou uma graça!

    https://www.biigthais.com

    Beijoos ;*

    1. Que bom que gostou Thais, fico feliz! ❤

  48. Oi Kaila, tudo bem?
    Antes de mais nada quem tem que gostar de nós, somos nós mesmas! Concordo com tudo o que você falou! Afinal quem vive nossa vida, somos nós né??
    Beijos
    http://www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    1. Oi Ana, tudo bem e você? Fiquei muito feliz por você ter gostado. Todo mundo pode imaginar como é nossa realidade, mas ninguém a vive, se não nós!

  49. Adorei o texto. Amor próprio é tudo!

    Beijos ♥

    Jéssica || Fashion Jacket
    http://www.fashionjacket.com.br

    1. Fico feliz! ❤

  50. Amanda Caroline Santos says: Responder

    Que mulher foda você é, desculpa pelo palavrão. Sei exatamente o que você passou me identifiquei muito. Parabéns pelo texto, você é luz

    http://www.estiilocarol.com

    1. Ahhh! Tem comentário mais lindo que esse? Muito obrigada! ❤

  51. Adorei o calçado e todo o look, claro!
    Não conhecia a Domidona, mas já vou entrar no site pra conferir mais shoes hehe.

    Um beijo
    Jéssica Andrews Blog

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Jéssica! ❤

Deixe uma resposta