Sabe a grama do vizinho?

Luana trabalha em dois empregos e faz hora extra sempre que pode para conseguir manter sua vida luxuosa nas redes sociais. Juliana é a mais popular da escola, a garota que parece ter tudo que quer, guarda seu travesseiro encharcado e finge que suas noites não são preenchidas pelo vazio. João parece ter o casamento perfeito, a casa que todo mundo sempre almejou e o emprego dos sonhos, pena que isso é real apenas para os que vêem de fora. Sabe a grama do vizinho que sempre parece ser mais verde que a nossa? Talvez ela nem exista. Talvez seja apenas um contrapiso pintado de verde, talvez seja uma grama artificial, talvez você não esteja enxergando a forma que ela realmente é. Da grama do vizinho nós pouco ou nada sabemos. Mas às vezes ela parece tão mais bonita que a nossa, tão mais viva, tão mais verde.

Nas redes sociais não há espaço para os dias que passamos de pijama jogados no sofá, para as sextas sem nada para fazer, para as brigas que acontecem dentro das nossas casas, para os nãos que a gente recebe, para as nossas crises de mau-humor ou para os pratos de arroz e ovo. Nas redes sociais todo mundo é feliz, todas as festas são incríveis, toda sexta-feira tem encontro com as amigas no outback, os relacionamentos são cheios de amor e compreensão, todas as famílias tem laços fortes e respeitosos. Mal sabemos que a vida real mesmo é a que acontece por trás do feed do Instagram, e que a grama do vizinho é mais parecida com a nossa do que a gente imagina.

Vida real tem louça suja na pia, brigas na hora do café, comida requentada, choro no chuveiro, mau-humor matinal, perrengues e mais perrengues. Vida real também tem gargalhada de quem a gente ama, café preparado as pressas mas com amor, conversas de desabafo na madruga, pulos de alegria depois de uma conquista, abraço apertado na chegada e coração apertado na despedida. E tudo isso a gente não publica, tudo isso a gente apenas vive e sente.

Ouvi alguém dizendo que se devemos nos comparar com alguém, que esse alguém seja nós mesmos. Confrontar as semelhanças de quem nós éramos no passado. Pense naquilo que você costumava falar, para onde ia quando se sentia sozinho, como tratava as pessoas e de que forma você encarava a sua própria existência. Essas são coisas que somente você pode buscar dentro de si e trazer á tona. Sabe porque não é justo e nem certo se comparar com outras pessoas? Pois elas não estão no mesmo processo que você. Elas não estão vivendo as mesmas fases e estações que as suas, porém, estão dentro de realidades internas diferentes das que você carrega na alma.

Cada pessoa constrói sua própria vida sobre bases que talvez ninguém conheça, ninguém a viu colocar tijolo por tijolo enquanto chorava ou sorria, ninguém a viu plantar sua grama, todo mundo vê apenas o que ela expõe. Essas pessoas não são piores e nem melhores que você, assim como você nem é pior ou melhor que elas. Cada pessoa tem as suas próprias subjetividades, sonhos, vivências e vontades. Cada pessoa é um universo diferente. Por isso somos tão diferentes ao mesmo tempo em que somos tão parecidos, pois cada pessoa está vivendo um processo nesse exato momento. Talvez sua vida possa parecer diferente da vida das suas amigas, do seu vizinho ou daquele cara que você sempre encontra no metrô, mas isso não quer dizer que a grama do outro é mais verde que a sua.

Espero muito que vocês tenham gostado, um super beijo e até o próximo post!

50 Replies to “Sabe a grama do vizinho?”

  1. Olá,
    Esse tipo de coisa me incomodava mais na época de escola. Ainda mais depois que minhas primas foram estudar na mesma escola que eu.
    Hoje em dia eu simplesmente penso que nada é pra sempre, então não há motivo pra gastar esse tipo de energia.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    1. Isso me incomodava muito na época da escola também, Nana.

  2. Verdade, concordo com vocÊ! Excelente reflexão!
    Beijos
    Lily’s Nail
    Instagram @lilys_nail_

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Liliane! ❤

  3. Já me incomodou muito isso..
    Adorei a sua reflexão ❤ beijos
    http://www.blogbelezamake.com

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Luana! ❤

  4. Nossa que texto lindo, infelizmente eu fazia muito isso e sempre ficava triste e frustada. Não devemos nos comprar com ninguém, cada um tem sua alegria e suas dores.
    Charme-se

    1. Fiquei tão feliz por você ter gostado, Simone!

  5. Nossa Kaila tava vivendo por isso a um tempinho atrás a virada do ano não foi como eu planejei e foi muito depressiva, eu estou de férias e no primeiro dia do ano me dei a burrice de ficar nas redes sociais o dia todo me intoxicando vendo a vida dos outros, todos na praia com vidas boas e eu morrendo de calor em casa, comecei ficar depre e questionar toda minha vida, me deu uma crise de pânico perdi o sono e estava odiando tudo… mas graças a Deus a ficha caiu e vi que a vida que tinha fui eu que escolhi e mala para os outros eles tem a vida que escolheram e eu estou muito feliz com a minha… Parei de me perder dos storie dos outros e me vitimizar e tem três dias que estou plena e feliz e quero que espalhe ao longo de todo o resto do ano. Seu texto me deu mais gás ainda. Muito bom, por isso adoro tanto teu blog. Beijão!

    1. Não sabe como fiquei feliz com seu comentário, Si. Esses pensamentos são inevitáveis, principalmente quando a gente se bombardeia com essas informações, cada pessoa tem uma vida, uma realidade, e se você quiser algo diferente é só mudar e se planejar melhor. Tudo bem querer ir a praia, mas se não deu para ir, quem sabe daqui alguns meses ou na próxima virada, você não vá? Estipule metas, esteja sempre disposta a mudar, mas nunca deixe de ser grata pelo que você já tem! ❤

  6. Ah que texto reflexivo
    Acho de verdade que as redes sociais tem trago ainda
    mais esse pensamento da “grama do vizinho ser mais verde”.
    Como vc disse ninguém mostra um dia que ficou jogada no sofá
    de pijama, é tudo muito bom
    Adorei Kaila
    Beijos
    http://www.yasminsodre.com
    Instagram : @yasminsodre

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Yasmin! ❤

  7. Adorei a reflexão e sempre me renovo no início do ano em relação a isso Kaila. Paro de seguir perfis que não possuem mais meu estilo, ou simplesmente que não combinam com as ideias que estou no momento. Por mais que seja fotos bonitas, acaba trazendo certa angustia e ansiedade quando não estamos vivendo exatamente igual a pessoa.
    Desligando desse mundo fictício, pq machuca.
    bjs http://www.diadebrilho.com

    1. Não é fácil lidar com as redes sociais, Wanessa. Até tem dias que paro analisando meu próprio perfil, como é meu trabalho, cada foto é produzida e pensada, mas tem dias que estou descabelada, com a cara oleosa e publico uma foto totalmente arrumada, o que passa a impressão de que estou daquele jeito o tempo todo, rs. A vida de ninguém é perfeita, somos todos reais..

  8. Maravilhosa essa sua reflexão, cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é
    bjs

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Carol! ❤

  9. ah complicado né, a gente ve essas fotos e sempre acha que está numa pior enquanto td mundo está em Paris hahaha
    mas acho que devemos mesmo tentar ser o melhor que pudermos dentro da nossa realidade e sempre saber que os outros tbm sao humanos e tbm tem problemas

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    1. É bem assim mesmo, Lívia, rs. Vidas reais, problemas reais.. a vida de ninguém é perfeita.

  10. Eu amo seus posts Kai, são inspiradores para mim e sempre aprendo com eles. *–*
    Com o tempo fui perceber que a nossa vida é única e todo o mundo tem dificuldades assim como nós, só não é compartilhado. Somos seres humanos… e ninguém é melhor que ninguém. 🙂
    Beijos.
    Diário da Lady

    1. Não sabe como fiquei feliz com seu comentário, Le. Obrigada! ❤

  11. Nossa! Que texto lindo, amei!
    Tudo verdade!
    Eu sempre ouvi falar nessa frase, que a grama do vizinho é sempre mais bonita que a nossa, também já conhecia o significado dela e tentava não implantar essa frase na minha vida.
    Mas você explicou tão bem nesse texto que quando comecei a ler quis ir até o final e adorei!!!
    Beijinhos da Jacky.
    http://www.estilosaefeminina.com.br/

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Jacky! ❤

  12. Oie
    Lindo o post e reflexivo. Uma linda semana pra vc.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    1. Obrigada, Nessa. Pra você também!

  13. Queria ter lido esse seu texto na época das festas de final de ano, foi uma época onde eu via todo mundo viajando, nas piscinas e praias da vida e eu me senti muito mal, parecia que a grama de todos eram radiante e a minha estava seca 🙁
    Cada pessoa é um universo diferente!!
    Beijos,

    https://lesjoursdemarcela.blogspot.com/

    1. Pense nas suas conquistas, nas suas vitórias, talvez a realidade do outro quando ele voltar da praia seja totalmente diferente da sua, ele pode trabalhar com algo que odeia enquanto você trabalha com algo que ama, ele pode ter pensamentos negativos.. nenhuma realidade é perfeita!

  14. Silvana Crepaldi says: Responder

    Olá, Kaila.
    Gostei bastante do texto. A grama do vizinho sempre vai ser mais bonita. Ainda mais em tempos como esse de redes sociais onde parece que todo mundo tem vidas perfeitas. mas acho que uma hora a gente para de olhar para o outro lado e começa a dar valor para o que temos e conseguimos com nosso esforço.

    Prefácio

    1. Não é errado ver uma foto de uma pessoa viajando e querer viajar também, precisamos ter vontades, sonhos, planos, mas nunca podemos deixar de agradecer pelo que já temos!

  15. que texto maravilhoso! <3
    no momento que vivemos, a maioria das gramas são só aparência!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    1. Fiquei tão feliz por você ter gostado, Luana! ❤

  16. Vale testar! ;D

    Boa reflexão. Às vezes temos uma vida maravilhosa e ainda assim achamos que não está boa o suficiente!

    Ótima segunda!

    Beijo! ^^

    1. Que bom que gostou Amanda, fico feliz! ❤

  17. Oi
    Pois para mim a minha grama é sempre a mais verdinha a dos outros não me importa nada, mas confesso que há pessoas com esse problema, ainda mais agora com o insta.
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    1. Depois das redes sociais, as comparações aumentaram muito.

  18. Oi Kaila.
    Mais um post inspirador! Sempre que leio suas postagens me pego a refletir sobre o todo do texto ou às vezes até mesmo sobre algum parágrafo.
    Com certeza com o passar dos anos vamos aprendendo que nada é bem o que parece e aos poucos tudo vai se desvendando perante nossos olhos.
    Beijokas e um 2019 maravilhoso!

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Lia. Gratidão! ❤

  19. Maravilhosa essa reflexão, infelizmente existem pessoas que querem sempre a vida dos outros,

    Beijos
    http://www.pimentadeacucar.com

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Juliana! ❤

  20. Que reflexão + linda, Kaila! Está de parabéns pelo texto.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Anete! ❤

  21. Não comparo a minha vida a ninguém. Afinal tudo pode ser comprado e forjado para mostrar a vida perfeita, que na verdade não é.
    big beijos,
    Lulu
    http://www.luluonthesky.com

    1. Realmente, Lulu. Isso acontece muito!

  22. “Cada pessoa é um universo diferente”, que coisa mais linda! Adorei a sua reflexão, você escreve muito bem. Parabéns pelo texto!
    Beijos

    1. Ah Ana, muuuito obrigada. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado! ❤

  23. Oi Kaila, tudo bem?
    Mais um texto salvo pra eu ler sempre que estiver pensando na grama do vizinho hahahaha
    Seus textos são incríveis e eu sempre me identifico! Por mais que a gente saiba que tudo aquilo que estamos vendo não é real, acabamos nos deixando ser influenciados por toda essa perfeição…Esquecemos que as fotos retratam momentos e momentos são apenas alguns segundos, não 24hs por dia!
    Adorei <3
    Beijos

    http://www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    1. Oi Ana, tudo bem e você? Não sabe como fiquei feliz com esse feedback sobre meus textos, sério. Tão bom saber que de alguma forma eles ajudam e trazem reflexões em outro alguém! ❤

  24. I have heard someone saying that if we should compare ourselves with someone, let this be ourselves. Confront the similarities of who we were in the past.
    On social networks everyone is happy, every party is amazing, every Friday has meeting with friends in the outback, relationships are full of love and understanding, all families have strong and respectful ties too.

  25. Ótima reflexão, as vezes as pessoas cuidam tanto da grama do vizinho e não percebem o quanto maravilhosa é a sua.
    E na maioria das vezes essa beleza é falsa e ilusoria, que a sua vida com todos os problemas é muito boa.
    Tudo na vida tem um porque até mesmo as dificuldades, Deus é perfeito e nunca erra.
    Temos que agradecer mais e reclamar menos.
    Bjinhos,
    http://www.prosaamiga.com.br

    1. Não existe vida perfeita, nenhuma grama é mais verde, o que muda é a forma como a gente valoriza a nossa vida e aprecia o que a gente já tem.

  26. Oi, Kaila, é, essa comparação é muito nociva para nossa vida. Não sabemos lidar bem com as imperfeições da vida. Que Deus possa nos ajudar e nos fazer a entender que a graça da vida também está naquilo que não é bem como esperamos e celebrarmos isso. Para que então não nos tornemos escravos disso.

Deixe uma resposta