Quer chegar onde a maioria não chegou? Faça o que a maioria não fez!

Quando estava no colegial ficava imaginando como seria minha vida quando saísse da escola, se continuaria seguindo os mesmos horários, se encontraria uma profissão que realmente me fizesse feliz, se encontraria o sentido da vida. Vivemos em torno de tirar boas notas, cursar a faculdade ideal, encontrar um bom emprego, comprar uma casa, um carro, formar uma família. Batalhamos a vida toda para ter uma estabilidade financeira e uma posição na sociedade, batalhamos tanto que ficamos ocupados demais para cuidar da única pessoa que nos seguirá por toda a vida: nós mesmos.

Essa vida é breve, passageira, quase um sopro para ser desperdiçada com aquilo que os outros acham que a gente tem que ser e fazer. Podemos desenvolver as carreiras mais brilhantes, estudar, treinar intensamente e até chegar ao sucesso. Mas de nada adiantará se estivermos vivendo uma mentira inventada pelas pessoas ao nosso redor ou pela nossa própria vaidade. La no fundo onde as vozes alheias e o que a sociedade espera de você não podem alcançar, vive as suas vontades, os seus mais profundos sonhos, os seus desejos mais intensos. Você sabe o que quer, só não faz por medo do que as pessoas irão pensar. 

Minha avó, minha tia, minha mãe e minha irmã são enfermeiras, consequentemente, logo que sai da escola elas me incentivaram a seguir a mesma profissão. Consegui a vaga em um curso de técnico de enfermagem e sem pensar duas vezes, aceitei. Tomei a decisão de sair de casa no meio do curso e não deixei minha nova rotina afetar os meus estudos, até que os estágios começaram e percebi que o meu lugar não era ali. Ninguém vai para um hospital porque está bem, e os problemas que via ali, seriam coisas que não saberia lidar fora do meu trabalho. Comentei com o meu marido que não estava me identificando com o curso, e que meu maior sonho era trabalhar com beleza, compartilhando minhas experiências e pensamentos, perguntei se ele achava que daria certo se eu criasse um blog e ele me disse que eu nunca saberia se não tentasse.

Escondi por muito tempo que tinha um blog, porque sabia que os julgamentos viriam de todos os lados. Que bobeira! Não importa se para as outras pessoas aquilo que você quer é pequeno, se a sua escolha for feita com a alma, então, ela é gigantesca para o universo. Por isso, não mantenha seus maiores planos apenas no seu pensamento, desperte o brilho que existe dentro de você. Molde seu futuro com o seu coração, sem o temor dos olhares alheios. Porque se você permanecer olhando para fora e não acreditar nessa vontade de acontecer dentro de si, suas metas, ideais e sonhos nunca se tornarão reais.

Siga em frente, sacode a poeira e não permita que julgamentos lhe forcem ao comodismo. Esqueça o que os outros esperam de você. Não tenha vergonha dos seus objetivos, nem dos seus sonhos. Rompa a barreira do medo de ser inadequado. Você é único, seu caminho lhe pertence. Quebre agora esse molde que lhe impuseram, e se dê a oportunidade de aproveitar as possibilidades. Brigue por seus sonhos até o fim. Só recue para pegar impulso. Porque nada estará acabado até que você vença.

Se você quer chegar onde a maioria não chegou, faça o que a maioria não fez: seja você mesmo e caminhe na direção dos seus sonhos, porque o que você tem todo mundo pode ter, mas o que você é, ninguém nunca será.

Qual sonho você tem vontade de realizar, mas não faz, por medo do que as pessoas irão falar?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

77 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *