Sobreviver não basta, é necessário existir!

Quando o despertador toca e você acorda, de forma automática uma sequência de tarefas começam a ser feitas até o dia chegar ao fim, você escova os dentes, escolhe sua roupa, toma o café da manhã com rapidez, fica presa no trânsito, enfrenta um expediente de oito horas, até voltar para casa, tomar um banho e dormir para começar tudo outra vez. No entanto, dentro daquele mesmo dia também teve flores no caminho que você percorreu, um pôr do sol incomparável enquanto voltava do trabalho, pessoas de luz cruzaram o seu caminho, mas seus passos estavam tão robotizados que você não notou. Há quanto tempo você não observa um céu estrelado? Faz quanto tempo que você não saboreia um livro, sem pressa e permite-se adormecer no meio da leitura? Há quanto tempo você vive em modo automático? Há quanto tempo você está correndo, de quem e pra onde, nem se sabe?

Essa corrida pela sobrevivência, pelo ganha pão, às vezes é tanta, que esquecemos como a vida é extraordinária. Durante esse modo automático, a gente vai sufocando nossa essência, silenciando a alma, a gente esquece os pequenos hábitos singelos que nos fazem verdadeiramente felizes, a gente esquece como é bom sentar na areia, sem fazer nada e ouvir o mar, ouvir o silêncio, se concentrar nas batidas do próprio coração. Qual foi a última vez que você se permitiu desligar o celular, por algumas horas apenas? Há quanto tempo você não acorda, na hora que quer, com real disposição? Com aquela vontade de preparar um café da manhã delicioso, um almoço com alegria, enquanto canta uma música qualquer? Há quanto tempo você deixou de ser quem é, para se tornar o que der?

Cuidado para não se magoar e não se perder de ti na busca por sabe-se lá o quê. Muitas vezes, a gente nem sabe para onde ir, mas só sabe que tem que correr. Acontece, que correr cansa. E caminhando, também se vai longe. Lembre-se das promessas que você fez a si mesma, aos dezesseis. Eram desejos como aqueles que vinham do teu coração. Você não precisa fugir com aquele seu primeiro amor platônico ou tatuar o braço inteiro, mas tente lembrar dos lugares que você planejava conhecer, das músicas que te faziam dançar, das atividades que te davam prazer, e tente incorporar ao teu atual ser. Se escute e ignore um pouco o resto do mundo.

São raras as coisas que conseguem ser mais reconfortantes do que o silêncio de um novo dia começando, com cheiro de café fresco e passarinhos ao fundo. Isso não é um luxo, é uma necessidade da alma. Da mesma forma que nosso corpo reage á uma gripe, nossa mente reage ao stress. E da mesma forma que cuidamos para sarar da gripe, temos que cuidar para sarar do stress. É uma doença e pior que as outras, porque a gente ignora, as pessoas nos dizem que é “frescura” e a gente vai levando. Porém, a nossa mente é o nosso escudo contra os males desse mundo, se ela está afetada, qualquer ameaça passa.

Existem tantas coisas por trás de uma rotina corrida, conheço pessoas que mesmo quando podem desacelerar não quer, a pessoa não quer se ausentar do trabalho, dos mil afazeres.. luta tanto para conseguir o dinheiro e no fim das contas não tem tempo nem para gastá-lo. Eu sei que não é fácil lidar com tudo, são tantos problemas, tantas responsabilidades, tantas preocupações que afligem. Mas em meio ao caos existe você, alguém que tem uma essência rara e que precisa perceber os pequenos sinais que a vida dá para lhe dizer o quanto ela vale a pena.

Se você não está conseguindo perceber essa beleza, não foi a vida que deixou de ser linda, foi você, que passou a olhá-la por outro ângulo. Acontece que uma hora sobreviver não basta, é necessário existir. Mude seu ângulo de visão. Muda-se. Exista!

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

62 Replies to “Sobreviver não basta, é necessário existir!”

  1. Verdade Kaila muitas vezes esquecemos pequenos hábitos que nos fazem felizes e são esses pequenos hábitos que não podemos esquecer, eles são essenciais, gostei muito da reflexão bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Lucimar!

  2. Excelente post, Kaila! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    1. Obrigada, Pathy! ❤

  3. Oi Kaila!

    eu tô no time que mudou o ângulo de visão! 🙁
    Mas me propus a reverter isso, qro começar 2019 de outra forma, mais leve, sem tanta carga e já iniciei esse mês de dezembro, vai ser um dia por vez, pra voltar a ver a vida do ângulo certo!

    Bjoooooos

    1. Você está no caminho certo, não mudamos do dia para a noite, todo dia é uma batalha, mas a recompensa é extremamente gratificante!

  4. nossa, mts vezes penso nisso, que estamos na maioria do tempo só sobrevivendo ao inves de ter uma vida de qualidade como deveriamos

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

    1. E é muito difícil mudar essa realidade, né? É uma busca diária..

  5. Oi Kaila,
    Que texto incrível, que visão linda que você tem. Nós crescemos sendo forçados a amadurecer, sempre escutamos que precisamos ser mais e cada vez mais rápido porque na nossa geração tudo é instantâneo. Só que nós não somos nenhuma máquina como você mesma disse, precisamos caminhar de vez em quando e não ficar preso nessa correria de querer tudo de uma vez.
    Eu me senti extremamente tocada pelas suas palavras e eu acredito que muitas outras pessoas também serão.

    Blog Covil Dourado | Facebook

    1. Sinto tanta gratidão em ler comentários como o seu, Jennifer. Infelizmente somos criados mais para ter um emprego, uma vida ”boa” do que para ser feliz, do que para ser quem somos.. e acontece, que no fim o que fica é o que fomos e não o que adquirimos, triste ver que os valores se inverteram. Se eu puder, tocar nem que seja uma pessoa como aconteceu com você com as minhas escritas, tudo já terá valido a pena.

  6. Muito maravilhoso seus posts, acho que já falei isso várias vezes, hahaha!! Mas são ótimos mesmo, me faz refletir sempre. <3
    http://www.blogbelezamake.com

    1. Ah Luana, muito obrigada. Não sabe como fico feliz por você gostar e refletir com as minhas escritas!

  7. É aquela coisa né, você está vivendo ou apenas existindo?

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    1. Aquela pergunta que ronda sempre, né?

  8. Kaila que post maravilhoso 🙂

    1. Muito obrigada! ❤

  9. Concordo com suas palavras!
    Beijos
    Lily’s Nail

  10. Amei o texto e a mensagem!

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    1. Fico feliz por você ter gostado, Lilian!

  11. 😉

    Kaila! Existir de fato não é fácil. Eu mesma às vezes me pergunto se estou realmente existindo!

    Ótima segunda!

    Beijo! ^^

    1. Não é fácil mesmo, Amanda. Nem sempre percebemos que estamos vivendo no automático e apenas seguimos, né? Mas, é importante que a gente tente ver o que está além das nossas responsabilidades..

  12. Ótima mensagem, me fez refletir sobre alguns pontos que estão acontecendo na minha vida.
    bjs http://www.diadebrilho.com

    1. Fico feliz por você ter gostado e por ter te causado essa reflexão, Wanessa.

  13. Com certeza precisamos parar e respirar fundo às vezes. Desacelerar..

  14. nossa como é fácil entrar no automático!
    as vezes recebemos uma chacoalhada da vida, pra voltar a viver de verdade e ver o que realmente importa!
    bjoo

    Tiemi
    RoseBoxBlog

    1. Exatamente, Tiemi. Triste ver que a gente entra no automático e nem percebe..

  15. Ótima reflexão Kaila, ultimamente estou muito no modo automático =/

    bjs

    Ariadne ♥
    http://www.devoltaaoretro.com.br

    1. Que bom que gostou Ariadne, fico feliz! ❤

  16. Eu já vivi dessa forma acelerada e sei como é, mas acho que a idade tbm trouxe outros pensamentos e experiencias, alem da possibilidade de trabalhar fazendo o que amo, o que por si só ja é mto enriquecedor para a alma. Mas é mto importante parar para observar, não deixar a vida simplesmente passar!

    Beijos
    Camila

    http://www.sejabelissima.com.br

    1. E tudo passa tão rápido, né? Qualquer instante perdido é um espaço de nós que fica vazio e que não volta mais.

  17. Adoro as tuas reflexões, mostram a tua maturidade! 🙂 Boa semana.

    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    1. Muito obrigada, Inês. Fico feliz por você ter gostado!

  18. Quando eu vi o nome do post já me identifiquei, ultimamente minha vida anda de uma forma tão estranha que me sinto assim, apenas sobrevivendo, não vivendo e apreciando as coisas como deveria.

    1. O importante é que você percebeu isso e pode fazer tudo diferente a partir de agora! ❤

  19. Adorei Kaila
    O texto foi coincidindo com as fotos. Que fotos lindas, hein!
    Suas escolhas são ótimas!
    Adoro sua sensibilidade para escrever e de enxergar o outro.
    bjo
    Karina Pinheiro

    1. Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, Karina. Muito obrigada!

  20. Temos que ter alguns momentos que nos façam sentir-se bem para que a gente fuja do modo automático, que não é nqda bom.
    http://Www.achatadebatom.com

    1. Não é mesmo, Cristiana. E há coisas extraordinárias por perto a todo instante, basta a gente querer vê-las! ❤

  21. Oi Kaila, tudo bem?
    Que texto, uau! Salvei aqui pra sempre ler <3
    Beijos
    http://www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    1. Oi Ana, tudo bem e você? Não sabe como fiquei feliz por você ter gostado, viu?

  22. Oi Kaila.
    Que post lindo! Ultimamente tenho pensado muito sobre a minha vida, minha jornada até aqui que já é longa e de quanto tempo ainda terei para caminhar por aqui. Por isso suas palavras me tocaram fundo. Estou sobrevivendo há muitos anos, mas chegou a hora de dar um basta e de me reinventar. Preciso viver de verdade, sabe?
    Bjus
    http://www.docesletras.com.br

    1. Sempre é hora de se reiventar, Lia. Somos tão únicos, não deixe de viver a vida como você sempre sonhou por nada, porque ela é tão passageira.. aproveite o hoje, o agora e não se esqueça que dentro de você mora alguém que todo mundo precisa conhecer. Seja quem você sempre quis ser!

  23. Silvana Almeida Souza says: Responder

    Kaila realmente por muitas vezes fazemos as coisas no automático a rotina é algo que é difícil de mudar ainda mais se temos obrigações a cumprir sempre, é quase inevitável. Seguimos tentando ver além para poder existir e não apenas sobreviver.
    Amei seu texto reflexivo.
    Beijos ♥
    http://www.silalmeida.com

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Silvana!

    1. Fico feliz por você ter gostado!

  24. wow! que texto! <3
    amei!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    1. Fico feliz por você ter gostado, viu? ❤

  25. Lindo texto! Felizmente eu sempre olho pras estrelas, ouço os pássaros e aproveito da beleza das flores. A vida fica mt + leve assim.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas

    1. E como fica, Anete! ❤

  26. Que perfeito esse texto Kaila, adorei!
    Que ótima reflexão.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia

    1. Fiquei muito feliz por você ter gostado, Jana! ❤

    1. Obrigada, Lulu!

  27. Que texto maravilhoso.
    Encantada com o post.

    1. Fico feliz por você ter gostado, Letícia! ❤

  28. Sempre arrasando nos texto, Kaila!

    Um beijo
    Jéssica Andrews Blog

    1. Obrigada, Jéssica. Fico feliz por você ter gostado! ❤

  29. Oi kaila
    Adorei a reflexão. Preciso desacelar e aproveitar mais os dias, os momentos.
    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    1. Fiquei feliz por você ter gostado, Nessa! ❤

Deixe uma resposta