O amor distraído em 5 filmes da Netflix

Eu gosto desse barulho que só a gente escuta. Eu gosto dos amores que nascem no silêncio. Eu gosto do afeto que brota sem nada definido, que consome o nosso ser e a gente nem vê. Amores barulhentos nunca me encantaram. Existem amores que são sólidos o suficiente para bastar-se no silêncio. Talvez seja por isso que gosto de simplificar os caminhos do amor, porque talvez o amor seja essa simplicidade toda que insistimos em enfeitar, esse egoísmo mútuo de ser somente nosso. Deixar algumas coisas entre quatro paredes e outras na profundidade da alma. Que todos nós possamos escutar o barulho que só o amor silêncio consegue causar, e que ele possa nunca ter fim.

Dizem que o amor é distraído, e eu concordo. Muitas vezes enquanto olhamos para um lado ele nos surpreende vindo de outro. Duas pessoas, com concepções de vida diferentes, se encontram e se amam sem perceber. Arriscam o amor com outras pessoas para finalmente perceberem que o que sentiam uma pela outra é a definição perfeita de amor. Para descrever isso, selecionei cinco filmes que assisti mês passado na Netflix cujo amor nasceu quase sem querer. Lista para quem adora histórias apaixonadas, cheias de lágrimas, risos, e até um toque de clichê que toca lá no fundo do coração!

Um Dia, 2011

Emma (Anne Hathaway) e Dexter (Jim Sturgess) se conheceram na faculdade, em 15 de julho. Esta data serve de base para acompanhar a vida deles ao longo de 20 anos. Neste período Emma enfrenta dificuldades para ser bem sucedida na carreira, enquanto Dexter consegue sucesso fácil, tanto no trabalho quanto com as mulheres. A vida de ambos passa por várias outras pessoas, mas sempre está, de alguma forma, interligada. Um filme inesquecível que com certeza irá emocionar quem gosta de filmes repletos de verdades e de muito amor.

Simplesmente Acontece, 2015

Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam entre eles os primeiros segredos, enquanto cada um passa a viver as próprias desventuras. Mas, apesar de tudo, o destino continua atraindo Rosie e Alex um para outro. Esse filme lindo segue uma narrativa sincera e apaixonada que conta que quase sempre nossos planos para a vida não são os mesmos que os planos dela para nós e que isso não é necessariamente ruim, pois o que é verdadeiro sempre permanece.

A Incrível História de Adaline, 2015

Adaline Bowman nasceu na virada do século 20 e levava uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela milagrosamente parou de envelhecer e acabou se tornando um ser imortal com eterna aparência de 29 anos. Adaline vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém para não ter seu segredo revelado. Mas tudo muda quando ela conhece o jovem e belo Ellis Jones, um filantropo por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.

Um Homem de Sorte, 2012

Em meio a uma batalha no Iraque, o fuzileiro Logan Thibault (Zac Efron) encontra no chão a foto de uma mulher desconhecida. Ele a guarda e passa a cuidar da foto como se fosse um talismã. Meses depois, ele retorna aos Estados Unidos e passa a pesquisar onde a mulher da foto poderia morar. Ele a encontra em um canil, onde trabalha juntamente com a avó (Blythe Danner) e vive com o filho pequeno (Riley Thomas Stewart). Logan passa a também trabalhar no canil, sem revelar o verdadeiro motivo pelo qual chegou até ele. Um filme pra lá de romântico para quem adora histórias inspiradoras.

Para Todos os Garotos que Já Amei, 2018

Lara Jean Song Covey (Lana Condor) escreve cartas de amor secretas para todos os seus antigos paqueras. Um dia, essas cartas são misteriosamente enviadas para os meninos sobre os quem ela escreve, virando sua vida de cabeça para baixo. Esse é aquele típico clichê adolescente que não conseguimos parar de assistir, mesmo sabendo o que acontece no fim.

Vocês já sabem o quanto somos apaixonados por filmes, não é? E apesar de ter uma coleção de mais de trezentos filmes em casa, nunca investimos em nada para tornar nossas maratonas ainda mais aconchegantes e especiais. Desde que conheci a Tudo It muita coisa mudou, um aconchego acolheu esse nosso momento e o tornou ainda mais especial: o balde pop corn. Pode parecer bobeira, mas não tem nada melhor que ter esse contato com objetos que marcam coisas importantes para nós, é como se ligasse nossa essência com sua melhor versão o tempo inteiro.  E de criar histórias com objetos modernos e que transformam qualquer ambiente a Tudo It sabe como ninguém!

 Balde Pop Corn – Tudo It

Compartilha com a gente: você já assistiu algum desses filmes? Qual foi o seu favorito?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

56 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *