Entre erros e acertos: pensando no enxoval do bebê com Jéssica Andrews

Filhos te salvam de uma vida séria e sem riscos. Filhos te salvam de dias difíceis e sem luz. Filhos te salvam de meses nublados, de uma vida sem sentido. E depois de te salvarem te mostrando o sentido da vida, você nunca mais conseguirá imaginar sua vida sem eles. Eles chegam sem avisar e se tornam a razão de tudo. Em Junho de 2017, tudo mudou para Jéssica. Ela não percebeu, mas sua vida decidiu seguir um percurso que a mudaria por completo: em poucos meses, ela se transformaria tanto que nem iria se reconhecer mais, ela conheceria o significado de verdadeiro amor, ela se tornaria mãe.

No início de Junho de 2017, as mudanças começaram acontecer, Jéssica sentia uma indisposição da qual não sabia o porquê. Os desejos de criar conteúdo para o blog e para o Youtube estavam caindo de produção. Suas emoções estavam ampliadas, sua sensibilidade aumentou, assim como os choros, quase todos os dias se sentia culpada por estar daquela maneira. Claro que o fato da sua menstruação estar atrasada era o principal de todo essa erupção de sensibilidade. Ela tinha medo de acreditar que poderia estar grávida, afinal, ela não estava planejando uma gravidez naquele momento. Mas os planos de Deus foram maiores e uma vida estava sendo gerada, e chegaria para mudar a forma como ela velejava pela vida, para mudar os seus planos, sua rotina e lhe trazer infinitas alegrias.

De erros e acertos a Bebê Fofuxo entende, principalmente quando o assunto é enxoval. Braço direito das mamães, ela trás toda a praticidade, beleza e conforto que os pequenos precisam. Sinta como a maternidade é extraordinária, se emocione e anote vários conselhos para não errar no enxoval do seu bebê com a Bebê Fofuxo e com a blogueira Jéssica Andrews no Minuto da Entrevista.

Você recebeu um presente extraordinário que transformou tudo ao seu redor. As mudanças que aconteceram te surpreenderam? O que mais mudou na sua rotina? Qual foi sua maior dificuldade e qual foi aquela coisa que você tirou de letra? 

 Me surpreenderam bastante! O modo de como eu era, de como eu agia e pensava foram totalmente melhorados. Me tornei uma mulher muito mais forte e com sede de conhecimento e empoderamento. Agora falando um pouco do meu corpo e da rotina, eu jamais imaginaria que eu teria uma barriga enorme. Eu sou baixa, tenho 1,57cm e a minha barriga ficou gigantesca. Quem olha as minhas fotos gestante fica se perguntando como pode?! (hehehe)

Minha rotina mudou muito, muito mesmo! Antes de engravidar eu fazia o meu horário, pensava somente em mim, me maquiava sempre, escovava o meu cabelo dia sim e dia não, as minhas unhas eram intactas… hoje, eu sou uma mulher ”simples” mas que jamais perderá a vaidade, pelo contrário. Hoje em dia com a mudança de corpo eu me sinto mais mulherão. Mesmo com a barriga flácida! Isso, daqui alguns meses sairá de cena, amém?! Amém!

E agora com essas mudanças todas, a minha pior adversário é o sono. Eu estou dormindo 2/3 horas seguidas no máximo. É exaustivo, mas nada paga o sono tranquilo do Fernando. E a melhor coisa que eu descobrir e que no qual e morria de medo era o banho. No final da tarde eu estipulei a rotina do banho e graças a Deus deu certo. É tão gosto dar o banho e ver ele totalmente cheiroso pronto para cochilar. Eu me sinto tão bem e tão leve que qualquer cansaço é vencido pela satisfação de ver meu filho bem.

 Mamães de primeira viagem poderiam ser nomeadas de poço de palpites, são conselhos da família, dos desconhecidos, os bombardeios acontecem de todos os lados. O que você mais ouviu na sua gestação? 

Muitas coisas! Algumas peguei como concelho e outras fingi que era surda. É muito chato quando alguém que não te conhece, fica perguntando: Você é casada? E o pai, é presente? Coloca cedo na creche, pode dar a chupeta, vai dar de mamar até que idade? Todas essas questões de ”curiosidade” eu simplesmente respondia sim, não, não sei ou às vezes um sorrisinho falso. Uma dica? Não perguntem isso para nenhuma grávida ao menos que  você seja muito intimo. São perguntas pessoais e requer muito cuidado principalmente se a grávida é mãe solteira ou passa por algum momento crítico na gestação.

Como você organizou e planejou o seu enxoval e qual dica você dá para as mamães de primeira viagem que estão com dificuldades para montar o enxoval sem ultrapassar o orçamento? 

 Pesquisem muito! Roupa de bebê não é nada barata. Priorizem o que realmente o seu filho vai usar e sempre fiquem de olho na estação que o mesmo irá nascer. O Fernando nasceu em Fevereiro, época de verão e muito calor. Para o enxoval dele comprei muitas peças de algodão e poliéster. Perguntem para a vendedora que tipo de tecido é a roupinha e toquem nas peças, mamães. Todas as vezes que eu vou comprar roupas para o meu filho, eu gosto de de tocar e sentir. Na sua grande maioria as roupinhas sempre serão bordadas. Cuidado para que o mesmo não cause alergias na pele sensível do bebê.

Quais produtos você manteria no seu enxoval e quais produtos não foram tão necessários?

As fraldas de ombro é o item que mais usei e continuo usando. O bebê golfa muito e baba, também. Então, essas fraldas serão usadas todos os dias e em todos os lugares que o seu filho irá frequentar. As vezes ele poderá usar até 6 fraldinhas de ombro em único dia. Mas cada bebê é diferente, fiquem sempre de olho. Ah, um outro produto que realmente você irá usar é o aspirador nasal. No começo você pode ficar acanhada por sugar a secreção do nariz do bebê, mas nenhum deles você vai inserir, fiquem bem tranquilas. O leite pode acabar voltando pelo narizinho do pequeno e o mesmo pode ficar sem ar ou assustado. Imediatamente use o aspirador e retire todo excesso de leite que regurgitou. E o produto que eu menos usei foi a bomba de extração de leite. (bombinha). Pelo fato de trabalhar em casa e não sair para lugares tão longe, eu não precisei usa-lá até hoje. Algumas mamães usam e muito, mas no meu caso eu não precisei.

Quais roupinhas você considera prática, flexível e essenciais no dia a dia? 

 O Fernando usa muito body. Ele usou macacãozinho na maternidade e depois umas 3 vezes em casa e só. O body e o mijão são práticos na hora de trocar a fralda e isso já facilita a vida de qualquer mamãe de primeira viagem. Agora que ele tem 6 meses, eu estou começando a colocar camisas e jeans. (aff, ele fica um gato) Mas isso ocorre somente para ocasiões especiais. No dia-a-dia é o bom e velho body e mijãozinho.

Você viveu três frases indescritíveis: você foi uma mulher madura e forte que conheceu os desafios da gravidez, mas se deparou com um mundo totalmente novo quando segurou o seu filho nos braços pela primeira vez. Dizem que a mulher muda totalmente quando se torna mãe, é como se ela se despedisse de quem ela foi, para conhecer uma nova versão dela mesma. O que mais mudou em você depois que você se tornou mãe? 

Olha! Depois que eu peguei o Fe pela primeira vez e as semanas e meses foram se passando, eu descobrir que os meus ”problemas” e tudo que me impedia de ser feliz são pequenos, parecidos com um grão de areia da praia. Nós mulheres temos uma força que renasce junto com o bebê, sim! Isso é real! Mesmo nós mães de primeira viagem que nunca na vida cuidou de uma criança. Hoje em dia eu tenho muito mais segurança no que eu falo e faço. Parece que ele me trouxe junto com o seu nascimento o verdadeiro significado de: É possível, você consegue, nunca mais você estará sozinha, Deus gosta mesmo de você.

Parece clichê para quem não é mãe ou que não deseja ter um filho, é totalmente compreensivo. Mas o seu filho, o filho que você gerou por 9 meses tem o poder de te fazer feliz todos os dias da sua vida até mesmo quando você não dorme nenhuma noite. Como eu pude esperar 27 anos para descobrir que a minha felicidade tem nome e sobrenome? Só sei que hoje a Jéssica Andrews está realizando um, dos seus maiores sonhos.

Gratidão por ter recebido a Jéssica nessa entrevista e por ter tido a oportunidade de apresentar os produtos da Bebê Fofuxo. Espero muito que vocês tenham gostado tanto como eu, um super beijo e até o próximo post!

60 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *