Sinta orgulho de suas cicatrizes, elas traduzem a sua resiliência

Sei o quanto você se sentiu constrangida ao cair de bicicleta pela primeira vez. Sei o quanto tomar a decisão de sair de casa foi difícil, você questionou se era o melhor caminho e, quando estava nele, pensou milhões de vezes em voltar para trás. Sei o quanto seu coração bateu mais forte quando ele te chamou para sair. Sei o quanto sair do seu primeiro emprego, não ter sido aceita na faculdade ou não ter se superado na apresentação da escola foi ruim. Também me senti constrangida, também senti medo, também quis me esconder onde ninguém pudesse me achar. Criei cicatrizes que nem o tempo poderá apagar. Mas sou grata por cada uma delas, sem elas não seria quem sou, tenho certeza que quando olha para as suas você se sente exatamente assim, como eu. Afinal, sem elas, quem seriamos?

Quantas vezes você questionou uma situação difícil ou algo que fugiu do seu controle? Quantas vezes você fechou os olhos e pediu para aquela dor se estagnar? Quantas vezes você acreditou que aquela situação nada mais era que uma mera tempestade que desaparecia no outro dia sem causar dano? Quantos momentos obscuros ficaram guardados na sua memória mas mudaram a sua forma de ver o mundo? Nossas cicatrizes poderiam ser renomeadas, elas poderiam ser chamadas de amuletos, troféus ou de eternos lembretes do quão guerreiro já fomos nessa vida. As marcas presentes na nossa pele representam pequenos instantes de tudo aquilo que foi vivido, seja bom ou ruim.

Enquanto as cicatrizes físicas ficam gravadas, as cicatrizes emocionais florescerem por nosso corpo como marcas da nossa resiliência. Já enfrentamos muitas situações que são guardadas a sete chaves dentro de nós, não falamos sobre elas, ninguém sabe que elas existem, mas as vezes, elas passam para nos dizer um ”oi”. Sei que você enfrenta coisas no dia a dia que não queria enfrentar. Sei que engole sapos para não tornar tudo ainda mais difícil. Sei que tem dias que você precisa respirar fundo para sair da cama, porque suas forças se esgotaram. Mas, você consegue superar cada dia, você sempre consegue superá-los e certamente, saiu mais fortalecida de cada experiência enfrentada.

As marcas ficam, elas são inevitáveis. Jamais sairemos de uma situação da mesma forma que entramos. Contudo, vale lembrar que as adversidades são tão essenciais na nossa vida quanto cada respiração, pois elas trazem à tona a força que temos. Seja grato, pois a gratidão transforma qualquer instante, seja ele bom ou ruim, em algo que merece agradecimento. Quando os momentos difíceis se aproximarem, você poderá encontrar o lado bom de tudo aquilo de uma forma mais fácil. Tudo depende da forma como escolhemos olhar.

Compartilha com a gente: o que já aconteceu na sua vida que te trouxe uma grande lição?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

59 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *