5 erros que você deve evitar ao fazer o enxoval do bebê

Nenhuma mulher nasce sabendo o que é ser mãe e nenhuma se esquece do dia em que tornou-se uma. Quando nasce o bebê a mãe nasce, e a mulher que existia se perde. Seus braços foram preenchidos pelo ser mais indefeso e dependente que você poderia conhecer. Sabe aquela visão que você tinha sobre o mundo? Ela se transforma, assim como a rotina e quem você verdadeiramente é. O coração parece dobrar de tamanho. Você renasceu como mãe. Revisou suas expectativas e reaprendeu. Os amigos, seus compromissos, o trabalho e seu cotidiano.. tudo parece ter mudado. O aprendizado tornou-se constante. Pequenas coisas tornaram-se grandes. Porque o verdadeiro sentido da vida ficou diante dos seus olhos e preencheu a parte mais bonita do seu ser.

Quando ela chegou em casa com aquele teste nas mãos, seu coração parecia que iria sair pela boca. Quando ela percebeu que o positivo estava escrito ali, ela renasceu. Velejava em pensamentos, imaginava como seria ter seu pequeno nos braços, como seus dias seriam cansativo e intensos, mas repletos de afeto. Imaginava o carrinho, os brinquedos espalhados pela casa, o berço, as roupinhas. Mesmo sabendo que é impossível ter tudo e que nem sempre o que é bonito é realmente útil, ela caia nas tentações e não resistia àquele minitênis ou aquela cadeira milagrosa que promete acabar com com qualquer choro. Um exagero aqui, outro ali.

Se planejar permite que o enxoval do seu filho seja prático, econômico, sem abrir mão das fofuras do universo infantil. Saber onde investir e fazer boas escolhas é escolher o melhor para o seu bebê e garantir o que ele realmente precisa. A Morebaby é uma loja especializada em vendas de roupas da linha infantil pela internet (e-commerce). Sua loja online oferece roupas e acessórios da linha infantil das melhores marcas, garantindo sempre a qualidade dos produtos e com a prática de preços justos.

A Morebaby entende a importância da transparência, integridade, respeito, valorização das pessoas, qualidade, segurança e sustentabilidade. Por isso, eles se empenham para proporcionar tudo aquilo que vale a pena e é realmente útil no dia a dia do bebê. Pensando nisso, selecionamos cinco dicas para você que quer um enxoval prático, flexível e sem excessos.

Síndrome da princesa ou do príncipe, saias de tule, vestidos, camisetas e coletes conquistam nosso coração, é inevitável, mas eles não são úteis nos primeiros meses de vida do bebê. Em três dias, sua roupa preferida vai ser aquele body que era para usar por baixo do pijama e os conjuntinhos. Por isso, não encha o armário com essas peças e reserve aquelas que você não resistiu para quando for sair com sua criança ou bebê.

Bodies são as peças que os bebês mais usam, pois são confortáveis e práticas. Invista em uma quantidade mediana de peças para cada idade do bebê e sempre leve em conta e estação que estará fazendo em cada uma das idades. Mas não esqueça! Não adianta nada você só ter bodies de manga curta para os meses de calor. Sempre vai fazer um friozinho e você irá precisar de um.

Macacões são flexíveis e salvam a vida das mamães por ser uma peça única, quando for investir em um, seja ele de manga longa ou não, dê prioridade para os que abrem na frente. Existem alguns macacões de verão, sem perninhas e de manga curta que só abrem embaixo e em cima e tem que vestir passando pela cabeça. Com certeza, dá para usar, ainda mais se forem de malha, mas não são tão práticos como os que abrem na frente.

Se for comprar roupinhas que tenham detalhes como bordados, botões, presilhas ou fitinhas, verifique o lado de dentro da peça e veja se o acabamento foi bem feito ou se há algum tecido revestindo este acabamento.  Muitas vezes, quando se tem um bordado ou algum detalhe preso, do lado de dentro fica meio áspero e isso, em contato com a pele sensível do bebê, poderá irritá-la.

Preze por roupinhas de malha, cotton ou que sejam maleáveis, fuja dos tecidos sintéticos e que não esticam. Passar na cabeça e vestir os bracinhos do bebê numa peça que não “cede” é um desafio e tanto.

Compartilha com a gente se você é mamãe: quais foram as roupinhas mais usadas pelo seu bebê?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

68 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *