Aprenda a não revidar, deixe que a vida faça isso por você

Existem pessoas bárbaras disfarçadas de boas pessoas. Existem pessoas que machucam, que agridem por intermédio de uma chantagem emocional maquiavélica baseada no medo, na agressão e na culpa. Elas aparentam ser pessoas altruístas, mas no fundo escondem interesses ocultos e frustrações profundas. Ouve-se dizer que quem machuca o faz porque em algum momento da vida também já foi machucado. Que quem foi magoado, magoa. Que quem foi traído, trai. Que quem não foi amado, não aprende amar. No entanto, ainda que por trás destas ideias existe uma base verídica existe outro aspecto que sempre nos custa admitir: a maldade existe. Não é simples fazer vista grossa quando existe alguém nos incomodando com sua agressividade, maldade, falsidade ou tudo isso junto. A energia negativa daquela pessoa contamina todo o ambiente e quem estiver por perto, fazendo com que todo mundo ao seu redor fique se rebaixando ao seu nível e isso não faz bem para ninguém.

 Mas, é importante que a gente aprenda a não revidar, afinal, a vida já faz isso por nós. E ela sempre fará, porque ninguém sai dessa vida sem pagar a devida conta de seus atos. Um dos maiores favores que conseguiremos fazer para nós mesmos será conseguirmos ignorar, deixar para lá. Silenciarmos, enquanto o outro espera que a gente se desequilibre. Como em tudo nessa vida, o mal ao não encontrar reciprocidade, vai embora.

O mundo investiga cada um de nossos atos, cada palavra que escrevemos ou falamos, aguardando um deslize que possa ser usado contra nós. Por isso, confiamos pouco no outro, não nos abrimos com ninguém, por medo, cautela e insegurança. Tudo se acumula dentro da gente, tornando nossos passos pesados e solitários. Uma hora não aguentamos tantas palavras não ditas na garganta, tanto sentimento preso dentro do peito, e descontamos em quem não merece. Isso contribui para que laços não se firmem, nunca construímos um relacionamento verdadeiro com as pessoas, porque já esperamos o pior delas.

Os sentimentos começam se tornar vagos, a empatia desaparece e nossas palavras escolhem destinos cruéis. Para muitos, o outro é apenas alguém que pode vir a ser interessante, caso possa ser usado em seu favor de alguma forma. Existe uma urgente necessidade de não propagar essa ausência de afeto que paira sobre nós, não entrando no jogo de quem só quer disseminar negatividade. Seja melhor. Construa bons caminhos, para que no dia de amanhã sua fatura seja de bonança. Deixe que a conta daquele alguém que só plantou o ódio, seja colhida apenas por ele.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

56 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *