Você fica tão bonita quando se veste de si

Rotineiramente as cobranças entram em nossa cabeça e repetem infinitas vezes que tudo não está bom, mesmo quando estamos fazendo o nosso melhor. O coração se oxida e a mente fica refém dos limites da sua zona de conforto. Talvez, em alguns momentos, esqueçamos de que ser feliz pode ser muito fácil, o complicado é saber identificar o que é importante, mais construtivo e mágico para nós, para então lutar por isso. Assim como diz o ditado popular: é tão simples ser feliz, mas tão difícil ser simples. Por quê é tão difícil se encontrar com a felicidade? Essa busca pela felicidade nunca termina bem por uma razão simples: a felicidade é um estado de ser. Ela não se busca, não é encontrada, ela se cria.  E mais, há uma coisa da qual não podemos nos descuidar: determinadas estratégias não se aplicam a todas as pessoas. Cada um de nós deve realizar esse trabalho da sua maneira.

Em meio aos labirintos da vida, os sentimentos valiosos exigem esforços, vontade e o entendimento de que ser feliz pode ser muito fácil, o complicado é saber com clareza as nossas prioridades, visto que elas podem ser completamente opostas das prioridades das outras pessoas. Algo assim exige coragem, bravura para ser diferente, empatia para amar o outro do jeito que ele é e originalidade para expressar tudo o que lhe faz ser distinta das outras pessoas e ser especialmente feliz assim. Afinal, ficamos tão extraordinários quando nos vestimos de nós.

Sei que não é tão simples expressar nossas particularidades, por isso, é preciso deixar tudo e reiniciar, começar do zero. Outras vezes, é preciso fazer um árduo trabalho interior, cuidar das feridas, resolver as frustrações e encontrar novas motivações. Sejamos capazes de tornar fácil o difícil, mas também de criar a nossa própria receita para ser feliz.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

62 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *