6 coisas que é melhor manter em segredo

Escutamos infinitos conselhos durante nossa vida, alguns são absorvidos, outros esquecidos por completo, entre eles um ditado comum: contra a inveja, o silêncio. Ninguém precisa saber sobre sua vida, sobre suas conquistas, dos caminhos que pretende seguir, dos tombos, fracassos ou da sua rotina. Você não deve explicação para ninguém. Por qual motivo deveríamos despejar nossos sentimentos mais profundos em textos enormes no Facebook? Essas propagandas pessoais em uma rede social só serve para dizer que aquela vida é melhor do quê a do outro e todos nós sabemos que ninguém é tão feliz como aparenta ser no Facebook. Ninguém é melhor do quê ninguém. Quando alcançava uma conquista uma felicidade intensa tomava conta de mim, distribuía a notícia para as pessoas do meu convívio, por pensar que elas sentiriam a mesma alegria que eu. Mesmo sendo bem seletiva, descobri que a inveja não tem nome ou sobrenome e vêm de quem a gente menos imagina.

O hinduísmo nos ensina uma maneira de nos comportamos diante da vida e um senso de responsabilidade mostrando que o silêncio, na maioria das vezes, é o nosso melhor aliado. Há coisas que é melhor manter em segredo, aspectos sobre as nossas aspirações, realizações e essências que fazem parte da nossa privacidade. O objetivo final destes princípios é orientar o ser humano no caminho da libertação, de forma que os nossos pensamentos, emoções, ações e palavras nos tragam serenidade, um estado de consciência onde tudo está em harmonia. Portanto, é interessante saber quais são as coisas que é melhor manter em segredo, favorecendo esse senso de responsabilidade com nós mesmos e com os outros.

Não dê atenção aos boatos, fofocas ou comentários negativos sobre terceiros e nunca repasse-os, se alguém lhe contar um boato ou soltar um comentário negativo sobre alguém, uma crítica ofensiva sobre o comportamento dos outros, ignore e não repasse para outras pessoas. Seja o muro que contém a negatividade e o insulto sem sentido.

Mantenha em segredo os seus planos, se você tiver um sonho, um objetivo ou projeto pessoal, seja ponderado. Não conte seus planos antes que eles sejam realizados, caminhe calmamente e seja cuidadoso. As vezes, quando contamos um anseio ou objetivo, algumas pessoas ao invés de vibrar com nossa alegria, nos presenteiam com a sua desconfiança ou pior, com as suas críticas. Mantenha suas metas pessoais em segredo!

Mantenha em segredo os momentos em que você foi seu próprio herói, ninguém além de você conhece as batalhas que você já ganhou, as lutas pessoais que superou para provar a si mesmo que era capaz, que merecia o sucesso. Por vezes, o ser humano é forçado a evitar pedras no caminho que só ele entende, uma decepção, uma mentira, uma frustração ou abandono. São histórias feitas de momentos difíceis que nos esculpem, deixam marcas, mas que por sua vez, extraíram o melhor de nós. Essas vitórias devem permanecer em nossa área privada. Quando você as diz em voz alta, elas perdem a transcendência, não são entendidas ou são interpretadas de maneira equívoca, como se nas nossas palavras houvesse alguma arrogância.

Não fale sobre as intimidades da sua família, as privacidades da nossa própria casa, da nossa família ou do relacionamento devem ser mantidas em segredo. Isso tudo pertence apenas a nós mesmos: são legados, situações, dinâmicas e vínculos que não devem ser ditos em voz alta como se alguém soprasse um dente-de-leão ao vento.

O que sua mão direita faz sua mão esquerda não precisa saber, quem nunca ouviu esse ditado não é? Nossas boas ações e atos de nobreza não devem ser espalhados, eles não precisam de espectadores, as boas ações não precisam ser publicadas em cartazes, ela não deixa de ser extraordinária só porque não tem olhares observando. A verdadeira bondade é aquela que não se vê, que é praticada discretamente com atos que se somam, em grandes feitos e nas situações mais anônimas.

Não expresse suas fraquezas e carências, há pessoas que se fixam no que lhes falta, ficam obcecadas com o que não têm e não conseguem ver o quanto elas são afortunadas. Não faça isso. É melhor manter em segredo aquilo que você não possui. Se você não tem um computador da última geração, fique em silêncio, você pode estar com alguém que não pode se dar ao luxo de ter um, por mais simples que seja. Se você não tem um parceiro, não tem a casa dos seus sonhos, não pode viajar nas férias, não se lamente, não reclame tanto como se essa falta fosse a causa da sua infelicidade.Às vezes, lamentamos não ter coisas que não são realmente importantes.

Esses conselhos são rotineiros, todos nós já pensamos ou ouvimos um deles uma vez na vida. Eles descrevem uma arte enriquecedora que é cada vez mais rara no mundo em que vivemos: a reserva, o respeito alheio e a prudência. Não se esqueça: cada ato tem as suas consequências. Então, sejamos mais reflexivos e procuremos entender que o silêncio muitas vezes é o lugar mais adequado para manter certas palavras, certos sonhos e pensamentos. Afinal, um pouquinho de segredo nestes tempos em que tudo se torna um julgamento, uma crítica e uma ofensa, não nos fará mal.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

74 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *