Por quantas estradas você já passou e quantas direções precisou escolher?

Somos escondidos por uma máscara vital. Vivemos de máscaras. Mascaramos nossos problemas, nossos anseios e nossas dores para parecer bem diante uma sociedade doente. Evitamos falar que não estamos bem por medo do que vão dizer de nós. Não falamos sobre problemas internos por medo da exposição. Escondemos sentimentos por não enxergar empatia no próximo. Em muitos corações residem a reciprocidade, afeto e a sensibilidade para se colocar no lugar do próximo, enquanto em muitos outros, existe apenas o ódio provocado pela felicidade alheia. Somos rodeados de pessoas que querem nos ver feliz, mas nunca melhor que elas. Que sentem apreço pelas nossas realizações, desde que nossas conquistas não superem as dela. Querem tanto de nós, menos que sejamos felizes. Querem tudo, menos que sejamos completos daquilo que realmente importa. Consequentemente, mudamos o nosso percurso, descobrimos novas estradas, fechamos portas e escolhemos direções.

Uns pensam, outros pensam que pensam. Uns pensam em agir, outros agem sem pensar. Uns amam sem limite e outros não sabem nem amar. Em meio há tantos pensamentos, o que você pensa de si mesmo é muito mais importante do que os outros pensam de você. Os outros são os outros e só. Existem pessoas que quando entram em uma sala, iluminam tudo com a sua luz. E elas são, entre outras coisas, pessoas humildes que aprenderam a admirar os outros sem se sentirem ameaçadas. Elas deixaram de caminhar pela vida como uma mala, tomando más decisões somente para agradar o outro. Elas ignoraram o mundo e aumentaram o som da sua voz interior. Elas saíram da platéia, porque são protagonistas da sua própria história.

O que os outros pensam de você reflete quem eles são, não sobre quem você é. Por mais que eles tentem, ninguém nunca será capaz de conhecer sua história tão profundamente como si mesmo. Por mais que alguém conheça o nosso interior, aquilo nunca será comparado ao nosso autoconhecimento. Somos donos de memórias únicas, que não são mascaradas, são lembranças vividas que nunca poderão ser sentidas por mais ninguém. Ou até pode, você já parou para pensar em quantas memórias um par de sapatilhas do seu armário viveu com você? Em quantas histórias elas se fizeram presentes?

Metamorfoseando as nossas direções com apenas dois passos de conforto e qualidade, a Toda Chic Calçados quebrou um tabu que 70% da nossa população acredita: que apenas produtos caros promovem qualidade. Em suas categorias exploramos calçados com preços viáveis, que não pesam no nosso bolso e que eternizam os nossos passos com leveza, qualidade, conforto e durabilidade. Dessa forma, fica simples desenhar nossas histórias e compartilha-las com calçados que esbanjam charme e beleza.

São lojas como essa que me ganham por inteiro, eles não querem apenas vender o produto, eles se preocupam com a satisfação, conforto e acessibilidade do cliente. E são pessoas com estes ideais que procuro trazer para vocês. Por isso, não deixem de conferir a variedade de modelos incríveis que eles possuem no site da loja.  Você não vai ficar de fora dessa, não é?

Sapatilha Verniz Vermelha com Bege – R$ 24,90

Mocassim Animal Print – R$ 24,90

Sapatilha Toda Chic Listrada – R$ 24,90

Sapatilha Yellow Bege – R$ 24,90

Compartilha com a gente: qual foi seu modelo favorito?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

54 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *