Valorize quem permaneceu mesmo quando você não tinha nada para oferecer

Jamais imaginei que minha vida se interligaria com tantas outras, no fundo do meu ser existe um poço infinito de gratidão por ter conhecido tantas histórias, essências e virtudes, mas, também existe o desagradecimento por ter valorizado a partida de alguns, ao invés de enaltecer a presença daqueles que ficaram, mesmo quando não havia nada para oferecer. Centralizamos nossa atenção em tudo que não está dando certo ao nosso redor, em quem não chega com verdade, em quem ama sem vontade, em tudo o que foi ruim. Mas, e tudo aquilo que permaneceu, que suportou as batalhas e se manteve presente? Tão simples amar alguém que é uma representação exata e ideal dos nossos anseios, que preenche nosso vazio e que faz tudo por nós. Mas, quando a maré se torna avassaladora, é difícil permanecer por perto quando os ventos sopram ao contrário, é difícil amar quando o outro tem problemas e a gente precisa ser muralha ao invés de barreira, quando o inverno chega e você precisa ser aconchego, precisa ser abrigo, difícil é amar o outro quando a tempestade vem e parece não querer cessar, quando o café esfria e você não sabe como esquentar.

Somos feitos de escolhas e elas precisam ser feitas todos os dias. Confiamos em quem não deveríamos, somos sinceros com quem não poderíamos, amamos quem não nos merecia. E a gente sofre, se culpa e se sente a pior criatura desse mundo. Isso é tão comum, porém, demorar-se demais no terreno obscuro da tristeza e das lamentações nunca será benéfico a ninguém. Só há um jeito de sair da escuridão: precisamos enxergar o que é bom, as escolhas certas que fizemos, os momentos felizes que vivemos e para o que permaneceu junto com verdade. Independente de quem seja, não vale a pena lutar contra ventos e marés por uma pessoa que não move nem um dedo por nós, que ficou quando era fácil demais, mas que não suportou ficar presente quando as coisas não eram favoráveis.

Enquanto, reconhecemos aqueles que insistem em partir, ficam ocultos aqueles que acreditam em nosso melhor, que nunca desistiram de nós, que permaneceram ali, pertinho, dividindo todos os afetos. Ninguém foge da constatação de que muitas pessoas somente procurarão em nós algo que lhes satisfaça, fingindo gostar de nós enquanto tivermos algo a lhes oferecer. Assim que passarmos por dificuldades, sejam financeiras ou emocionais, elas se afastarão, pois então não teremos mais nada que possa ser usado em beneficio delas mesmas. Inclusive sofreremos isso por parte de muitos de quem jamais esperávamos.

Aprecie aqueles que expressam seu amor nos pequenos detalhes, em abraços apertados, sorrisos sinceros, em piadas sem graça só para te fazer melhor. O amor se encontra nos pequenos detalhes, naqueles que a gente nem percebe e sem querer deixa passar. Por mais que esteja exausto e decepcionado com o mundo, com a vida e com as pessoas, reúna suas forças e seja grato por ter percebido quem realmente fica ao seu lado de coração aberto, sem segundas intenções. E, mesmo que lhe reste somente uma pessoa verdadeira, lembre-se: essa será a primeira a vestir uma armadura e ir para a batalha contigo, porque ela se mantém pelo que tu és, não por benefício próprio.

Ei, que tal enviar um obrigado neste momento para aquele alguém que sempre se manteve por perto?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

56 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *