Cirurgia pé plano: como foi minha experiência?

Desde pequena sentia fortes dores nas minhas pernas, após uma caminhada ou por ficar em pé, elas só pioravam, acarretando também alguns inchaços na região do tornozelo. Com oito anos, fui diagnosticada com o famoso pé plano ou chato, que indica a deformidade oriunda do achatamento de um ou mais arcos do pé. O médico sugeriu que usasse uma palmilha e que com uso constante, logo o problema se resolveria. Mas, isto não aconteceu. Quando tinha doze anos, voltamos em alguns médicos e todos disseram a mesma coisa: este é um caso cirúrgico. Neste momento, percebi que não poderia fugir do inevitável. Em alguns casos, o pé plano não interfere na vida cotidiana, mas, em casos mais sérios como o meu, isso pode ocorrer. Meus pés não tinham sua curvatura, fazendo com que meu corpo compensasse isso de formas que causavam dores intensas. Após as consultas, a cirurgia foi marcada para trinta dias depois.

Esse caso já havia sido diagnosticado na minha família, inclusive, tenho parentes que precisaram fazer o mesmo procedimento. Tirei opinião com eles. Havia duas opções: realizar a cirurgia de um pé, e após a recuperação, fazer o outro, ou fazer os dois de uma vez. Escolhi realizar o procedimento dos dois pés de uma só vez, para evitar uma nova cirurgia e recuperação. Após alguns exames, havia chegado o dia da cirurgia. Vesti as roupas, e fui levada de maca para a sala de cirurgia, colocaram um soro e alguns fios, que mostravam meus batimentos em uma tela. Em seguida, aplicaram a temida injeção da anestesia raquidiana, mas não senti nada. No início da cirurgia, perceberam que ela não havia feito efeito, e optaram pela anestesia geral. Acordei cinco horas e meia depois na sala de recuperação. Sem dores, e sendo observada de tempos em tempos por uma enfermeira. Após uma hora e meia, estava no quarto. No outro dia, tinha recebido alta e estava pronta para ir para casa.

Como a cirurgia foi feita nos dois pés a recuperação é mais delicada, já que eles não podem ser apoiados. O primeiro dia foi o mais complicado, conforme ia passando o efeito dos remédios, sentia dores intensas. Mas, ao tomar os remédios novamente, elas se omitiam. Quinze dias depois, os pontos foram retirados. Quarenta e cinco dias depois, tive permissão para colocar os pés no chão novamente. De imediato, meus movimentos não voltaram, era como se a força que tinha nas pernas tivesse desaparecido durante esse período, fiz fisioterapia por um mês e voltei andar normalmente. Apesar da longa recuperação e por ter ficado de cadeira de rodas por mais de um mês, fazer a cirurgia de uma só vez foi uma escolha certa. O inchado sumiu definitivamente e as dores me visitam esporadicamente quando não uso os calçados ideais para o meu tipo de pé.

Caso você ou alguém da sua família precise fazer essa cirurgia não fique com medo, apesar de ser complexa, ela é simples e irá ajudar você, como me ajudou. Apenas redobrem a atenção ao escolher o seu médico, mantenham a calma e tudo dará certo!

Caso vocês tenham alguma dúvida sobre a cirurgia, responderei nos comentários!

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

88 Comentários

        • Kaila

          Boa noite Angela, tudo bem? Tive alguns problemas em minha recuperação, como três pontos necrosados, que não me deixam dizer quem fez a cirurgia. Pois não quero ter o risco de outras pessoas passarem pelo mesmo. Fui orientada a fazer coisas que me levaram para consequências que poderiam ter ser agravado. Minha experiência citada foi extremamente positiva, quanto recuperação, dores, mas foi mais lenta por conta das coisas que ocorreram. Se caso tiver que fazer, pesquise muito e se informe bastante, tanto sobre a cirurgia e principalmente sobre o pós operatório. ❤

    • Tiago Montagnini

      Olá tudo bem?

      Tenho nos 2 pés plano valgo e gostaria de fazer a cirurgia porém tenho receio do pós operatório. Algumas dúvidas abaixo já que estou um pouco acima do peso:

      Foi colocado pino que ficou exposto para fora dos pés?
      Como fez para se locomover já que os 2 pés estarão imobilizados?
      Como tomar banho e fazer as necessidades urinar e fezes?
      Colocaram gesso ou tala? E a locomoção até a fisioterapia como foi? Ou foi feita em casa mesmo?
      Como sentava na cadeira de rodas ou trocar de cadeiras de rodas?.

      Meu email tiago.tm@hotmail.com

      Se puder me ajudar agradeceria muito.

      Att.
      Tiago M.

      • Kaila

        Oi Tiago, tudo bem e você? Meu pino não era exposto, ele é bem pequeno e foi colocado internamente. Como meus pés estavam imobilizados fiquei de cadeira de rodas por 45 dias, para tomar banho, ir no banheiro, trocar de roupa, enfim.. para fazer tudo minha mãe me ajudava. Ficava com uma tala, e com faixa nos meus pés, mas já vi casos da pessoa ter que colocar o gesso, acho que varia de acordo com o médico, caso, enfim.. só fiz fisioterapia quando eu tive alta e já podia colocar os pés no chão, então eu conseguia ir andando até o carro (mesmo sem ter toda a firmeza e equilíbrio) e conseguia entrar na fisioterapia, tudo andando.. para sentar na cadeira minha mãe também me ajudava, e para me trocar também. Qualquer dúvida me avisa!

    • Andreia

      Boa noite, muito bom encontrar o relato de alguém, pois estou com indicacao cirurgia pra osteotomia dos meus pés que tbm sao planos.
      Você fez artrorise ou osteotomia com intervenção em outras partes( como por exemplo, ligamentos)?! O médico cogitou fazer um pé por vez, mas fico pensando que é muito tempo, e sou do tipo que prefiro sentir a dor de uma só vez rsrs

      • Kaila

        Oi Andreia, tudo bem? O médico não me deu muitas informações, na época eu e meus pais não fazíamos ideia nenhuma de como era a cirurgia e não tínhamos nenhuma informação ou relato de alguém que fez. Então fomos meio a cegas mesmo. Por isso, não sei te dizer qual método foi usado no meu caso, se foi osteotomia, artrorise ou outro. O médico me deu a opção de fazer 1 por vez, ou os dois. Foi escolha minha fazer os dois de uma vez.

  • Simone

    Nossa, mas que bom que deu tudo certo e você se recuperou bem. É muito importante optar por calçados confortáveis mesmo. Adorei os calçados que você escolheu, uso muito rasteirinha e sandália.

  • Natz Sodré

    Eu nunca tinha ouvido falar em casos como o seu e operações assim Kah, mas que bom que deu tudo certo! Mesmo que a recuperação tenha sido difícil e tudo mais… Sobre os calçados da Lu Fashion, bonitos! Principalmente as Anabelas… beijokas gatona!

  • Daiane Oliveira

    Nunca tinha ouvido falar nessa operação! Fico muito feliz por agora estar tudo bem com você, não sabia que você teve que ficar de cadeiras de rodas, fiquei impressionada com sua história.

    Beijos!

    • Kaila

      Fico feliz por ter contado essa história pela primeira vez para você, quando a operação é feita nos dois pés é necessário o uso de cadeira de rodas, mas é uma recuperação tranquila, que exige apenas muito repouso! ❤

  • Alex

    Hoje recebi essa notícia! Terei que fazer essa cirurgia, tenho os dois pés planos. Há um ano atrás realizei a cirurgia do menisco por conta do pé, agora lesionei o tendão do tornozelo pela mesma causa Muito legal seu relato. Ainda não conversei com o cirurgião sobre o pós operatório. Farei uma consulta em breve, queria saber mais de você sobre a recuperação, tô muito agoniado.

    • Kaila

      Se pudesse te indicar algo, seria fazer a cirurgia dos dois, se possível. Assim, você passa por tudo somente uma vez. Minha cirurgia foi bem tranquila, tive apenas dois dias ruins, que foram os primeiros, por conta da dor. Mas, tomando os remédios certinho fica tudo bem. Quanto as dores, só senti nos dois primeiros dias, depois não senti mais nada. Foi bem tranquilo mesmo. Se puder, organize um cantinho com livros, filmes e o computador para que você possa fazer algumas coisas durante o dia para o tempo passar rápido, visto que você irá precisar ficar na cadeira de rosas e sem abaixar as pernas durante a recuperação. Se quiser saber qualquer coisa específica, pode me enviar um comentário, viu?

  • Lara

    Olá Kaila!!
    Tenho o MESMO problema!!!
    Só que eu terei que operar o pé direito, pois o esquerdo tem um minimo de curva que já não deixa me causa dores.
    Sinto muitas dores no joelho e nas costas (na região lombar) você também sentia??
    Após a cirurgia você sentiu melhora nesses sintomas??

    • Kaila

      Jura, Lara? Acredito que a cirurgia em um pé seja mais fácil, porque você não fica tão restrita para fazer as coisas. Não sentia dores nas costas, sentia apenas uma dor muito forte na minha perna inteira, inchado na região do calcanhar e em cima do ossinho do pé ficava totalmente roxo. Depois da cirurgia, quando fico muito em pé ainda sinto minha perna latejar, mas já fui no ortopedista e ele disse que é por conta dos calçados que uso no dia a dia.

  • Lara

    Entendo!!!
    Eu por exemplo fazia aula de dança e etc… tive que parar. Você acha que depois da cirurgia vou poder voltar a fazer tudo normal?
    Meu médico disse que minhas dores irão parar e o que me limita muito são as dores.
    Após a cirurgia você percebe a “nova curvatura” do pé?

    • Kaila

      Então Lara, não tive uma boa experiência com o meu médico, ocorreram várias coisas que dificultaram o meu pós operatório e talvez, o resultado não tenha sido tão satisfatório por ele não ter sido atencioso. Por exemplo, tive necrose em três pontos, porque o médico me disse para não mexer no curativo, sendo que o curativo não pode ficar fechado, deveria ter sido trocado. Mesmo pagando tudo, na terceira consulta na clínica, ele disse que eu poderia andar e não fez um exame para ver se deu tudo certo, se estava tudo realmente bem para que eu pudesse andar e nunca mais me deu assistência, disse que se eu quisesse voltar lá deveria pagar R$ 400,00 por consulta. Apesar de tudo, minhas dores acabaram quase 100%, só sinto que minha perna lateja quando passo o dia todo de pé. Ele me disse que após a cirurgia teria a curvatura no pé, e isso não aconteceu, ele continuou reto. Acredito que você irá sentir muuuita melhora e conseguirá voltar fazer suas coisas normalmente, só aconselho que você converse muito com seu médico e tire todas as suas dúvidas, e confie 100% no profissional que fará essa cirurgia, para que não aconteça esses empecilhos pelos quais passei. Qualquer dúvida pode me enviar, irei amar te responder! ❤

  • Lara

    Poxa!!! Sinto mt pelas coisas que aconteceram!!! Entendo suas considerações!!
    Sei que é anti ético falar, até porque entendo isso, mas só pra eu não correr o risco né… seu médico é do rio? Pq o meu é! Ele atende na Barra da Tijuca e em Campo Grande!

      • Lara

        Que bom então rs
        Estou prestes a fazer a cirurgia, e eu tenho 21 anos. Estou com muito receio da recuperação, mas provavelmente vou operar somente um pé (o direito), pq é nele que sinto dor. Como foi sua recuperação? E de fato, a cirurgia foi válida pra você sentir melhora das dores?

        • Kaila

          Acredito que se você operar somente um pé sua recuperação será muito mais tranquila que a minha que foi os dois. As dores nos primeiros dias é inevitável, e o incomodo por depender de outras pessoas para fazer algumas também. Mas, é só ter paciência e saber que logo vai passar. Se tranquiliza, não fica nervosa e acredite que vai dar tudo certo. A cirurgia foi muito válida para mim, não sinto 1% das dores que sentia antes!

  • Rafaela

    Ka, achei seu blog por um acaso, tenho o mesmo problema e o meu ortopedista passou uma palmilha, porém ela me deu bolha! E sua palmilha como foi usa-la?

    • Kaila

      Oi, obrigada pelo comentário, viu? Um prazer te receber aqui! Então, fui bem teimosa e não me adaptei. Minha palmilha era aquela de silicone e só se adaptava com sapatos ortopédicos, tentei colocar nos sapatos que gosto de usar e o resultado eram bolhas atrás de bolhas. Então, não usava.

      • Rafaela

        Aqui é a Rafa de novo, depois de muito tempo tentando eu não me acostumei a usar a palmilha, e agora encontrei uma cirurgia nos estados unidos, será que você poderia dar uma olhada?
        link: https://www.youtube.com/watch?v=kCMfTrOL3ik
        ps: O vídeo é em inglês, mas dá para entender.

        obs: Amanhã vou ao médico e espero que ele passe algo que funcione, pois meus pés tem doido muito! Fico feliz que tenha resolvido seu problema!!

        • Kaila

          Oi Rafa, tudo bem? Não me acostumei com a palmilha também, quando voltei no médico já era caso cirúrgico. Espero que tudo dê certo para você, não tem nada pior que sentir essas dores.

  • Juliana

    Gostaria de saber como é a cirurgia? Quebra algum osso? Coloca algum parafuso? O médico indicou para minha filha de 7 anos, mas estou com muitas dúvidas, se pudesse me ajudar. Obrigada

    • Kaila

      Boa tarde Juliana, tudo bem? Minha cirurgia foi tranquila, vou explicar de uma forma bem leiga, mas meus dois pés tinham o ossinho bem para dentro, tanto que o médico disse que se eu engravidasse meus joelhos iam bater um no outro. Para corrigir o pé plano é preciso quebrar o osso para o colocar no ângulo certo, durante o procedimento foi colocado dois pinos, um em cada pé, que pode ser retirado depois de um ano de cirurgia, se não me engano. Ainda tenho os meus e não me incomodam em nada. Se você tiver mais alguma dúvida pode me enviar, viu?

    • Kaila

      Boa tarde Gabriel! O preço da cirurgia varia de acordo com a sua cidade, médico e hospital. Minha cirurgia foi feita há 8 anos atrás, então o preço deve ter mudado muito.

        • Kaila

          Minha cirurgia foi feita há mais de sete anos atrás, na época ficou R$ 6.000,00, com tudo incluso: o hospital, o anestesista, o médico, enfim..

          • Reuther

            Obrigado pela informação Kaila! Você sabe me dizer se a cirurgia tira o aspecto de rigidez dos pés (eu tenho 18 anos, e sei que a cirurgia apresenta melhores resultados até os 14) então não sei se iria adquirir a curva, mas pelo menos é certeza a característica de flexível adquirir?

          • Kaila

            No meu caso, o médico disse que sairia da cirurgia com os pés certinhos, no lugar e com a curva. E isso não aconteceu. Não tenho a curvinha. O que melhorou mesmo para mim, foi a dor, questão estética, não mudou nada.

  • Elisete Lopes

    Oi Kaila….minha filha tem 14 anos e quer fazer a cirurgia….o medico passou exercícios e recomendou sapatos adequados ao pé chato….ela esta aborrecida e frustrada….gostaria de saber sua idade na data da cirurgia e se vc acha que devo insistir em fazer cirurgia….tenho medo…ela quer fazer dança….depois da cirurgia e tecuperação total, sua vida voltou ao normal com relação à pratica de esportes ? Muitissimo grata ….bjs

    • Kaila

      Boa noite Elisete, tudo bem? Fiz minha cirurgia com 12 anos, e também não gostava de usar sapatos ortopédicos. Fazer a cirurgia me ajudou em muitos sentidos: sentia muitas dores e me sentia limitada por isso. Mas também me limitou em outras: por conta do pino, quando corro muito ou pulo, sinto umas fisgadas no local onde está o pino. E não consigo sentir o mesmo equilíbrio de antes. Mas cada caso é um caso, as vezes ela não sente nada! ❤

  • Eva Bianka Vitoi Ferreira Brandão

    Olá, bom dia meu nome é Bianka o médico indicou essa cirurgia para a minha filha de 08 anos, estou com várias dúvidas:
    Qual foi a cidade que realizou a cirurgia?
    O médico disse que colocaria umas placas que seriam retiradas até dois anos, é assim mesmo?
    Tens fotos como eram antes e como ficaram?

    • Kaila

      Oi Bianka, tudo bem? Realizei minha cirurgia em São José do Rio Preto, foi colocado dois pinos, um em cada pé – fiz a cirurgia nos dois. O médico disse que teria que retirar caso incomodasse, fazem mais de cinco anos que fiz a cirurgia e nunca senti nada, então não fiz a remoção. Não tenho as fotos do antes do meu pé, porque naquela época só tinha aquelas câmeras antigas, mas se quiser ver da cicatriz, e de como eles são hoje me envia um direct no Instagram, meu user é minutodebobeira

  • Mayara

    Oi Kaila,eu tenho esse problema que é de família…minha vó tem e o pé dela deformou por conta do peso…eu e alguns primos também tem esse problema…meus primos usaram botinha quando bem pequenos e resolveu de boas …eu não fiz tratamento e sinto fores dores ,principalmente quando aumento de peso…
    hoje tenho um filho de 12 anos e quando ele tinha 2 par 3 anos comecei a leva-lo a alguns ortopedistas e todos diziam que quando meu filho completasse 10 anos o problema resolveria …aos 10 anos não melhorou como também piorou bastante …ate escoliose o menino tem por conta… levei ele em um novo ortopedista e o mesmo decidiu fazer a cirurgia… ela foi feita dia 11/12/18 ..também nos dois pês…a recuperação dele ta sendo ótima…dia 22 ele vai tirar os pontos …não sei como sera o resto do tratamento daqui pra frente so sei que ele vai fazer fisio…. com relação a dor foi tranquilo …nos primeiro dias ele não aguentava mexer os pês mas só doía se ele mexesse…

    (desculpa a falta de pontuação …to com sono kkk)
    obrigada por dividir conosco sua experiência

    • Kaila

      Oi Mayara, meus avós também tem os pés assim, herdei e meu sobrinho também apresenta o mesmo problema. Realmente, ele não pode passar despercebido, se deixarmos e não irmos até um médico procurar o tratamento as consequências não são nada legais.. que bom que a cirurgia dele foi um sucesso, logo ele estará completamente recuperado! ❤

  • Pedro Henrique

    Olá, eu estou com uma cirurgia marcada para esse mês, mas tenho muita curiosidade sobre o antes e depois, tem como me relatar, se possível ate uma foto da cicatriz/ pé. Desde já fico agradecido!

    • Kaila

      Oi Pedro! Antes meus pés eram bem tortos, não tinham a curva do pé e sentia muita dor. Depois da cirurgia, eles não ficaram completamente retos, como deveriam ser, mas do que eram, melhorou muito. Não fiquei com a curvatura do pé depois da cirurgia. Quanto a cicatriz, foram 11 pontos em cada pé, sendo que em um deles tive necrose em 3 pontos por conta de um erro médico. Se puder, me chama no meu Instagram @minutodebobeira que envio uma foto para você!

  • luanna miranda

    Acabei de sair de uma consulta na qual o ortopedista disse que minha com 7 de idade hj, provavelmente terá que fazer uma cirurgia dessas. Os pés são bem desalinhados, ela possa pra dentro e não tem nenhuma cava. Já segurei o choro algumas vezes em menos de duas horas, tempo que faz que saímos de lá.
    Primeira vez que vejo seu blog e sua experiência me confortou um pouco. Tb penso que, se ela for fazer, melhor nos 2 de uma vez. VC tocou em cadeiras de rodas, não tinha nem me atentando pra isso…..ela é daquelas crianças espoletas que não para um minuto da hora que acorda até a hora que vai dormir e ainda briga com o sono,rs. Mas tô orando que nos próximos meses os pezinhos dela melhorem cada vez mais e ela não precise fazer a cirurgia. Obrigada por compartilhar sua experiência. É a primeira vez que faço um comentário no blog de alguém. Obrigada por eu poder desabafar no seu espaço. Xeru.

    • Kaila

      Fica tranquila mãezinha, não é fácil, mas se ela tiver que operar é para o bem dela, afinal se não operar, os riscos e o que pode acontecer é bem pior. Então, quanto antes fazer e ficar bom, melhor! ❤

  • Érika Ribeiro

    tenho que fazer a cirurgia, quando pequena usei a palminha, porém não havia feito diferença alguma, e sentia muitas dores e hoje com quase 17 as dores estão piores, o ortopedista que estar resolvendo isso que vai ver um cirurgião dessa área, procurar um valor mais razoável para meus pais arcar, quanto foi a sua cirurgia?
    mas você ficou quase 2 meses em recuperação, e se eu for fazer por agora, meus estudos como fica?

    • Kaila

      Então, na época minha cirurgia foi particular e meus pais gastaram R$ 6.000,00, nesse valor estava incluso o médico, as consultas, anestesistas, o quarto, enfim.. depois teve gasto com remédio, curativos, da fisioterapia. Fiz na época de escola e como levei atestado, os professores me passavam a matéria e trabalhos.

  • Pedro Henrique

    Olá! Estou a praticamente 5 meses do meu pós operatório e deu tudo certo Graças a Deus! Mas eu queria saber se você sente incomodo ao realizar atividades como: correr. No meu caso tenho dois pinos em casa calcanhar e é exatamente o único lugar onde sinto dor, você passou por isso ? Tbm colocou pinos ?

    • Kaila

      Sim, coloquei pinos nos meus dois pés e os tenho até hoje. Sinto incomodo para correr, pular.. é como se fosse um choque fraquinho, ou a sensação de pisar em falso. Mesmo depois de tanto tempo, isso ainda não passou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *