Quando percebi que não tinha nada a perder, libertei-me!

Ei, quem disse que a culpa é sua ou de alguém? Essa culpa não é de ninguém, tudo o que acontece ao nosso redor é reflexo das ideias que você viu, ouviu ou concluiu, de alguma forma, elas acabaram se tornando uma verdade absoluta para você. Tudo o que somos, pensamos, fazemos e sentimos é resultado das nossas crenças, e é justamente por isso, que muitas pessoas agem de formas distintas em situações iguais. Os ensinamentos são como imãs: você crê em uma verdade e ela se torna real. Isso acontece porque você está conectado com essa verdade e a vida lhe trará situações que sejam compatíveis com esta vibração. O medo e o apego em coisas e pessoas limitam nosso ser, e as crenças limitantes nos paralisam, principalmente quando elas não refletem aquilo que verdadeiramente somos. E se isso sufoca, que mal tem jogar tudo para o alto?

Se você acreditar que não pode ir para o trabalho pela rua principal da sua cidade, nunca conseguirá fazer aquele trajeto. Se pensar que a sorte lhe esqueceu e que nada dá certo na sua caminhada, realmente não dará. Se acreditar que ouvir os sons do seu coração não é o melhor caminho, pode dispensar percursos inesquecíveis. Existe uma árvore da vida, que gera nossos valores e nossa existência nesse universo, pais refletiram suas crenças em seus filhos, que repassaram seus aprendizados para a próxima geração e assim por diante, até chegar em nós. Mas, se a forma em que cada geração viveu não se conectar com aquilo que realmente queremos para as nossas vidas, tudo bem buscar por outros caminhos, errado é só olhar para frente, quando ao nosso redor também tem o que se ver.

Quando finalmente entendemos que o universo e a força divina trabalham em nosso favor, não sofremos por coisas que não deram certo ou que não refletiam nosso interior, aceitamos que o que não é benção, é lição, então não temos nada a perder, e sim, sempre muito a ganhar. Porque a dor ensina, as dificuldades preparam nosso ser para o próximo estágio da vida, e o resultado disso, é a evolução, da alma, do espírito e do coração. Talvez, um dos grandes desafios da nossa vida é deixar ir. Deixar ir as pessoas, situações, lugares, crenças e tudo aquilo que não nos representa, satisfaz e tudo que não nos trás paz e felicidade.

”Você não tem nada a perder, então solte, deixe ir e liberte-se de tudo que o impede de ser quem de fato, você está destinado a ser.”

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

59 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *