Países onde brasileiros não precisam de visto para viajar

Ao abrir os nossos olhos pela primeira vez percebemos que fomos contemplados com um universo extraordinário, repleto de destinos e lugares indescritíveis. Os brasileiros podem comemorar mais ainda, já que fomos presenteados com uma das belezas naturais mais lindas do mundo. Explorar novos ares, culturas, comidas e lugares é um sonho que está presente no coração da maioria das pessoas, porém, temos o costume de pensar que as viagens, principalmente as internacionais, são complexas e burocráticas. De fato, alguns lugares são rígidos e dificultam o acesso de turistas, entre tantos destinos, felizmente podemos encontrar 153 países que abrem as portas com orgulho aos turistas e o melhor: sem precisar de visto. Essas viagens ficam mais acessíveis, já que economizamos com os documentos, entretanto, precisamos ficar atentos, de maneira geral os turistas podem permanecer nesses locais em um período de 15 – 90 dias no máximo em destinos liberados, além disso, algumas vacinas são exigidas. Selecionei meus seis destinos favoritos para quem sabe, te inspirar e ser seu próximo destino.

O tom azul e cristalino das águas de Bahamas é fruto da proximidade com a terceira maior barreira de corais do planeta, ficando atrás apenas dos recifes da Austrália e do Belize. Com um clima tropical, uma gastronomia impecável e roteiros culturais, este grande arquipélago constituído por setecentas ilhas e aproximadamente dois milhões e meio de ilhotas distribuídas entre o Oceano Atlântico e o Mar do Caribe não poderia ficar de fora da nossa seleção, podemos ficar até quatorze dias neste paraíso e não precisamos do Certificado Internacional de Vacinação para visitar o país.

A capital da Holanda encanta com seus canais e casinhas charmosamente tortas, espalhadas por ruas de paralelepípedos, assim como é internacionalmente famosa pelos imponentes museus e a tradição de seu porto histórico. Compartilhada entre oitocentos mil habitantes, Amsterdã é compacta e pode ser conhecida toda a pé. Entre Março e Abril, uma multidão de turistas se aventuram entre as cores de milhares de tulipas que delicadamente se espalham por toda a Holanda. Aliás, se o clima for de romance, os populares passeios de barco pelos canais que possuem pontos de partida espalhados por toda a cidade não podem ficar de fora do seu roteiro.

Explorar a África do Sul está na minha lista de sonhos, muito se diz deste país, mas acredito que só estando lá para tirar nossas próprias conclusões. Podemos velejar pelo destino por noventa dias, precisamos apenas do passaporte e do Certificado Internacional da Vacina contra a febre amarela. Os preços de viagens, transporte, comida e estadia do local são um dos melhores, os safáris são um grande atrativo do país, por lá podemos viver uma experiência única no meio de leões, elefantes, búfalos, leopardos e rinocerontes brancos. O continente africano é banhado tanto pelo Oceano Atlântico quanto pelo Oceano Índico, as praias do local são um grande diferencial tanto para os banhistas, quanto para pescadores e surfistas.

Chile é um dos principais países que os brasileiros visitam no exterior, depois de Buenos Aires, Santiago é um dos destinos mais procurados por aqueles que querem conhecer mais o continente sem precisar gastar horrores em passagens ou hotéis. Seja para desbravar a capital, curtir a natureza ou brincar em uma estação de esqui, o Chile é uma excelente alternativa. Com uma geografia peculiar, o país consegue atingir diferentes climas, podemos estar hoje no Deserto do Atacama, onde nunca chove, e amanhã curtir um friozinho em meio ao clima ameno da Patagônia, o leque de possibilidades no país é impressionante.

Com castelos, reis e rainhas, vikings, cisnes brancos, muita água, barcos, parque de diversões, bicicletas, guarda real, casinhas coloridas e muita história para contar, é assim que descrevemos Copenhague, capital da Dinamarca. O centro antigo, construído no século XVII, ainda guarda o fosso do velho forte, um sistema de canais, construídos no século XIX, quando foram derrubadas as muralhas de proteção, separa a antiga cidade dos subúrbios, muitos parques formam um cinturão verde que começa no famoso Tivoli, passa pelo Jardim Botânico, pelos jardins do Palácio de Rosenborg até chegar ao Parque da Cidadela. O ar é puro, as águas límpidas, o frio intenso e o ritmo de vida ainda guarda um tom deliciosamente provinciano.

Qual destino é o seu favorito? Qual país você sonha em conhecer?

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

60 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *