Simples atitudes podem transformar o dia de alguém: que tal tentar?

Me recuso a viver neste mundo egoísta, sempre irei questionar quem prefere o dinheiro ao invés dos momentos, uma cara fechada invés de um sorriso, virar a cara e fingir que não vê para não precisar estender à mão para ajudar. Perco-me em pensamentos, fico me questionando sobre o que o ser humano está se tornando e se hoje já está assim, o que será que vamos ser daqui vinte, trinta, quarenta anos? Será que os sorrisos vão passar despercebidos? Quantas notas comprarão a sensação de sentir a brisa do mar bater no nosso rosto? Será que isso será esquecido? Ou pior, e se escolhermos viver como máquinas apenas para ter pedaços de papéis? Infelizmente, muitas coisas não estão ao nosso alcance, mas simples atitudes e ações podem transformar o dia de alguém e são desses singelos momentos que prefiro me alimentar, me renovar e me redescobrir.

Há cada três meses ou quando nosso guarda-roupa ficava ocupado demais, minha mãe nós ensinava a deixar apenas nossas peças favoritas ou aquelas que a gente realmente usava, as outras eram selecionadas, as que estavam em bom estado eram doadas, as outras ela levava para o sítio, para usarmos quando fossemos para lá, já que estavam mais velhinhas. Sigo com esse ideal até hoje, somos uma pessoa só, porque apenas comprar e ficar com inúmeras peças paradas enquanto alguém não tem nem uma para usar?

Após organizar seu armário, retirar as peças que não são usadas e fazer essa seleção você pode doa-las de diversas formas, a primeira é levando para algum lugar que você sabe que realiza essas doações, pode ser na campanha do agasalho ou na minha forma favorita de doar: separo algumas peças em sacolas, vou em um bairro da minha cidade e entrego essas sacolas para famílias que precisam. Além de aliviar seu armário, destacar ainda mais suas peças favoritas, você ainda ajuda uma família que precisa sem esforços, apenas com essa troca de sentimento e desapego.

Uma das melhores experiências que já vivi, foi comprar alguns alimentos no mercado e levar para uma família que vivia em condições precárias na minha cidade. Pode parecer bobeira para nós que estamos sempre com a mesa farta, mais uma simples fruta ou um saco de arroz pode modificar o dia de uma família, que na maioria das vezes coloca a comida na mesa com muita dificuldade. Com R$ 20, R$ 30, R$ 35 podemos conseguir muitos sorrisos e a sensação ao fazer isso é impagável, indescritível e recompensadora.

Cruzar o caminho com alguém é comum, espantoso é esse ser se admirar quando você diz um bom dia ou um simples oi. O que antes era feito até por educação, hoje é escasso. As pessoas nem sequer olham uma para as outras, as palavrinhas mágicas que foram ensinadas quando ainda eramos crianças, sumiram tão rápido quanto foram aprendidas. Essa troca de palavras, de positividade e energia são singelas demais para nunca serem esquecidas? Com tanta covardia, atos maldosos e energias ruins é difícil confiar e saber que podemos fazer essa troca sem receio, mas nunca se esqueça que esse mundo também tem espaço para as pessoas boas, siga sempre no caminho do bem e será recompensado com essa energia também.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

64 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *