Por que você deveria assistir o filme ”A Cabana” de Stuart Hazeldine?

Durante alguns meses as salas de cinema estavam praticamente vazias, mesmo com inúmeros lançamentos eram poucos os que realmente atraiam o público, até ser lançado o filme ” A Cabana”, uma história adaptado de uma obra de William P. Young, lançado em 2007, a escrita foi um verdadeiro sucesso e chegou a vender mais de dez milhões de copias por todo o mundo. Em poucas horas, os ingressos para o filme haviam sido esgotados, fazia muito tempo que não via tantas pessoas no saguão do cinema aguardando por um filme.

Sinopse 

Um homem vive atormentado após perder a sua filha mais nova, cujo corpo nunca foi encontrado, mas sinais de que ela teria sido violentada e assassinada são encontrados em uma cabana nas montanhas. Anos depois da tragédia, ele recebe um chamado misterioso para retornar a esse local, onde ele vai receber uma lição de vida.

Por não ter lido o livro pensei que não iria conseguir compreender muito bem o filme, porém, felizmente não foi bem assim.  O Gu já havia lido o livro e ele achou que o filme seguiu fielmente a escrita. A história aborda uma grande pergunta que está na cabeça de todo mundo:  Se Deus realmente existe e se ele ama cada um de nós, porque ele deixa tantas tragédias acontecerem?, na trama podemos ver uma história religiosa de forma sutil que explica a famosa frase ” escrito o certo por linhas tortas”.

A mensagem que o filme quer transmitir para nós deve ser guardada para sempre em um espaço especial no nosso coração, na trama conhecemos os verdadeiros valores que o mundo precisa, que nós precisamos aprender amar e perdoar, que devemos sempre andar ao lado do pai, que abriu mão de tantas coisas para nós dar a vida e que ele cuida de cada passo, mesmo que alguns não sejam da maneira que a gente espera.

Coisas boas e ruins acontecem o tempo todo nos mais variados lugares do mundo e Deus está em todas elas, muitas coisas ruins acontecem para proporcionar o bem, é o famoso proverbio ”há males que vem para o bem”. Podemos não compreender muito bem algumas escolhas e algumas ações que acontecem na nossa vida, mas tudo tem um motivo e um porque, não devemos ser os juízes da nossa vida e sim, os aprendizes, pois há muito mais do que se imagina nessa vida.

O que vocês acharam da história? Pretendem ver? 🙂

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post.

82 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *