Como economizar na festa de casamento?

Começar uma vida a dois está presente na lista de sonhos da maioria das pessoas, porém, os grandes gastos acabam se tornando um dos maiores pesadelos do casal. Essa é uma das maiores mudanças da nossa vida, ela não irá mudar apenas nosso estado civil, outras mudanças irão acontecer, como: mudança de casa, adaptação, lua de mel e dentre outras coisas. Por isso, na maioria das vezes sempre saímos da nossa zona de conforto financeira. Mas, não desanime, com algumas dicas simples você pode ter o casamento dos sonhos sem extrapolar! 🙂

Antes de pensar ou fechar qualquer coisa, você e seu parceiro devem conversar sobre os mínimos detalhes do casamento. Isto tem que ser uma prioridade, mesmo conversando eu e o Gu nós desentendemos várias vezes pois, queríamos coisas diferentes. Esse diálogo é extremamente importante, é a partir dele que vamos saber quais são os desejos de ambos os lados e começar planejar cada detalhe do grande dia.

Casar durante o dia ou à noite, quais as diferenças?

Normalmente, as celebrações feitas no período da noite são a preferência dos noivos, porém, o horário costuma sair mais caro. Se você e seu parceiro não possuem um orçamento extenso, vale a pena pensar na cerimônia matinal, seguida de um almoço ou um pequeno coquetel para os convidados. Os aluguéis diurnos saem mais baratos e a maioria dos fornecedores oferecem descontos em contratos fechados para este período.

Outro ponto positivo é que a luz da manhã/tarde favorecem as fotografias e filmagens, além disso vocês podem optar por uma festa ao ar livre, as decorações rústicas ficam encantadoras e mais em conta.

Época do ano interfere nos valores? 

Pequenas coisas variam de acordo com a época do ano e devem ser levadas em conta, meses como maio e setembro, por exemplo, que tradicionalmente têm mais casamentos, devem ser evitados porque os preços são sempre mais altos. Por outro lado, marcar a data durante a primavera pode diminuir os custos, já que nessa época as flores ficam mais acessíveis. Meses de outono e inverno não são tão procurados devido ao clima mas, podem ser uma boa opção para quem quer cortar gastos.

Além disso, devemos pensar no final do ano, já que é época de receber um dinheiro extra no fim do mês.

Reveja sua lista de convidados 

Um dos itens mais importantes no casamento é a lista de convidados, os noivos devem refletir com calma sobre ela até chegar a um número determinado de pessoas essenciais. O casamento é um momento único e não é bom se endividar apenas para agradar pessoas com quem nem se convive mais. Aquela tia distante, que você mal conhece, precisa mesmo ser chamada? E o convite para aquele amigo que você apenas cumprimenta na rua, é obrigatório? Este dia é tão único na vida do casal que para mim, é essencial que apenas a família e os amigos mais próximos estejam presentes pois, são eles que vibram e convivem com o casal.

Já pensou em fazer seus próprios convites?

Atualmente, muitas noivas optam por fazer seus próprios convites de casamento, com algumas pesquisas pela internet, iremos encontrar diversos modelos e opções diferentes. Além disso, podemos escolher papéis mais simples e pedir ao fornecedor que entregue-os desmontados para customizá-los como achar melhor. Lembre que um modelo menor e mais leve pode baratear também o envio pelo correio.

Comes e Bebes

Um dos maiores gastos do casamento vem com as refeições, é possível servir uma boa comida sem ter uma variedade enorme de pratos. Além de encarecer o preço final, quanto maior o número de opções, maior o desperdício de comida.

O mesmo vale para as sobremesas, se a intenção é economizar fuja dos docinhos caríssimos e elaborados que muitas vezes acabam sendo largados encima das mesas. Uma boa opção é optar pelos doces tradicionais e pedir que as confeiteiras usem várias opções de confeitos, assim aparentemente iremos ter várias opções de doces diferentes.

Outra dica é comprar o máximo de coisas com o sistema de consignação, principalmente as bebidas. Desta forma, vocês só pagarão pelo que for consumido.

Lembrancinha e Enfeite de Mesa

As lembrancinhas são indispensáveis, já que é uma forma de agradecer cada convidado pela sua presença. Porém, as elaboradas são sempre mais caras. Em um casamento com orçamento reduzido, elas podem ser mais simples, sem dispensar o charme e a elegância.

Podemos conseguir isso com duas opções bem simples: garrafinhas de long neck, passadas na cola e depois na areia e finalizadas com tinta spray e uma fita de cetim. Ou, aproveitar garrafas de diferentes bebidas e enfeitar com flores.

Guarde dinheiro para emergências

Para evitar transtornos, reserve uma quantia para uma eventual emergência. Se não usarem o dinheiro na festa, podem deixar para gastar na lua de mel ou para investir no novo lar do casal.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post.

50 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *