Jamais pegue carona nos problemas dos outros

De uma forma falha, pensava que a melhor maneira de fazer a diferença era acolhendo o problema de alguém, ao cruzar uma determinada situação um sentimento de satisfação se manifesta, uma paz interior consome e uma nuvem de positividade da qual nunca queremos afastar se faz presente. Sem perceber que pegar carona e tentar resolver um problema que não é nosso pode provocar muitos transtornos e ainda impedir o crescimento de quem amamos. Viver requer olhos esperançosos para reconhecer as pequenas belezas do dia a dia como força para enfrentar as dificuldades. Se houvesse alguém que sempre resolvesse os seus, será que você iria batalhar pela vida? Será que você enxergaria os ensinamentos por trás das barreiras?

Aceitar que as pessoas são diferentes uma das outras não é uma tarefa fácil, afinal, quantas vezes você não cruzou o caminho de alguém com tantas particularidades parecidas com as suas? Mas no fim, cada ser vive de uma forma, com costumes, ensinamentos e hábitos distintos dos nossos, duas cabeças não pensam igual. Por isso, toda vez que você se pegar pensando ”a vida desta pessoa seria muito melhor se..”, lembre-se de que essa é a vida dela e não a sua. Por mais que o intuito seja ajudar, não sabemos qual é a perspectiva dela sobre o mundo, projetar suas expectativas sobre o outro não irá ajuda-lo, deixe-o descobrir a melhor maneira de lidar com aquele momento.

Você jamais conseguirá resolver o problema de alguém que não quer ter seus problemas resolvidos, entenda: há pessoas que, literalmente, cultivam seus problemas e se apegam a eles de tal maneira que já não conseguem mais se ver sem aquela lamentação. Por isso, se viver dessa maneira é a escolha dela, apenas aceite.

Tentar resgatar alguém pode te afundar, há pessoas que se apegam tanto no problema das outras, que os transforma em seus. Elas se envolvem com tanta profundidade que passam a viver em função da vida do outro, esquecendo-se de si mesmo. No fim, ninguém ajuda ninguém.

Há infinitas formas de ajudar seus amigos, seu companheiro ou um familiar, uma boa conversa, demonstrar que é grato por sua companhia, convidando-o para sair e até demonstrando o quão especial essa pessoa é na sua vida. O maior erro, é se sentir na obrigação de tomar as rédeas da vida alheia e organiza-las sozinho, mesmo que ela queira. Agir dessa maneira só irá desestimulá-la a acreditar no seu próprio potencial e vai torná-la dependente de você.

Você não precisa que o outro seja feliz para ser feliz, na teoria parece simples, mas pode ser que o seu desespero para ajudar as pessoas seja reflexo do depósito de expectativas que você coloca sobre ela. Compartilhar momentos, alegrias e sorrisos é uma forma maravilhosa de viver nossas relações, mas essa felicidade parte de dentro de nós. Respire fundo, olhe para dentro e simplesmente sorria sinceramente para si mesmo. Se você for capaz disso, também será de inspirar quem ama a ser feliz como você, isso vale muito mais do que servir de amparo para alguém.

Cuidar de si mesmo exige tempo e dedicação, mas ajuda mais do que você imagina, muitas pessoas escondem seus problemas debaixo do tapete e correm para a casa do vizinho para lhe dar conselhos. Seja sincero consigo mesmo, encare suas dificuldades, procure sua paz interior e, quando tudo estiver em harmonia, a sua energia positiva será o suficiente para inspirar as pessoas ao seu redor.

Os problemas não são necessariamente coisas ruins, através deles conseguimos entender que a vida não é um mar de rosas, é preciso entender que barreiras são comuns e que ninguém é obrigado a ser feliz o tempo inteiro. Quando compreendemos isso, percebemos que as dificuldades precisam acontecer para que nós amadureçamos e aprendamos a desapegar.

Você não pode mudar as pessoas, mas pode amá-las. Ninguém é melhor que ninguém, nenhum ser pode mudar o outro e nem resolver seus problemas, muito menos julgar o que é bom ou não para ela. Todo mundo tem problemas, apenas doe um pouco de amor e volte logo para cuidar dos seus.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

50 Replies to “Jamais pegue carona nos problemas dos outros”

  1. Eu era mais assim, hoje em dia consigo me controlar mais e não querer sempre resolver pelos outros.

    Bjim…
    >>blog Usei Hoje<<
    >>Instagram<<

    1. Mudei bastante também, acho que cada um tem que cuidar dos seus problemas.

  2. Marisa Raquel Rocha Fonseca says: Responder

    Consegue ser difícil estar afastado dos problemas de quem nos é próximo. Trás uma carga emocional para os nossos ombros mas aprendi que a felicidade dos outros não é nossa responsabilidade, por muito que pareça egoísmo! beijoca
    Obrigada por seu comentário amor!
    Coco and Jeans by Marisa x My Instagram x My Bloglovin

    1. Sim, as vezes gente se preocupa tanto com algumas coisas, nós sobrecarregamos e no fim, entendemos que não podemos ajudar. O melhor é estar aberto para ajudar, mas entender o nosso lugar.

  3. Muito lindo o texto e ótima reflexão. Realmente não podemos viver em função das pessoas e se envolver em todos os problemas dela ou deixar de fazer algo por nós.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    1. Que bom que gostou Lilian, fico tão feliz! ❤

  4. Ótimo texto, Kaila! Jamais podemos mudar outra pessoa e nos deixar levar por problemas de outros.

    Beijo!
    Cores do Vício

    1. Fico feliz por você ter gostado Pathy! ❤

  5. César Augusto says: Responder

    Ótimo post, jamais devemos ser passageiros no problema alheio. Primeiro temos que cuidar dos nossos e cultivar amor por onde formos, só desta maneira por onde passarmos levaremos ajuda a alguém e não se afundando junto em problemas de terceiros.

    1. Exatamente, fico feliz por você ter gostado! ❤

  6. É bem verdade, por vezes ao tentarmos resolver os problemas dos outros esquecemos-nos de nós próprios. A mim acontecia-me isso, muitas vezes. Até que cheguei à exaustão e decidi ser mais “egoísta”. E acredita que melhorou bastante os meus problemas. Mais um texto lindíssimo. Parabéns! beijinho enorme

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    1. Me senti assim também, até que aprendi que não posso solucionar tudo, por mais que eu queira e comecei olhar para mim. Fico muito feliz por você ter gostado! ❤

  7. Excelente texto kaila.
    E você disse tudo. Acredito que o segredo ai é o respeito.
    Se o tivermos como base já é um ótimo passo.
    bjO

    Dany
    Blog Breshopping da Dany
    Conheça também o Breshopping da Dany KIDS

    1. Fico muito feliz por você ter gostado, viu? ❤

  8. Já fiz muito disso, de me preocupar com os problemas dos outros e esquecer de mim! ): beijos
    http://www.blogbelezamake.com

    1. Acho que todo mundo já passou por isso uma vez na vida, né?

  9. Não podemos levar sempre os problemas dos outros conosco e nem resolver, temos que primeiro cuidar dos nossos problemas, não podemos mudar a pessoa porque só quem pode mudar é ela mesma, Kaila uma ótima reflexão, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    1. Exatamente Lu! Não conseguimos resolver tudo.

  10. Os problemas tornam-nos pessoas mais fortes, mas confesso que é difícil ajudar quem não quer ser ajudado, mas por vezes a outra pessoa só quer que a ouçam, e eu acho que se nós formos amigos dessa pessoa e gostamos dela devemos pelo menos ouvi-la…
    xoxo

    marisascloset.blogspot.com

    1. Sim, precisamos estar abertos para essa ajuda, só não podemos tentar tomar frente da situação e tirar essa responsabilidade daquele alguém.

  11. Que lindas palavras. Temos que escutar os problemas dos outros e opinar se for pra ajudar senão ficamos calados resolvendo os nossos.

    Beijos

    1. Fico muito feliz por você ter gostado Aline!

  12. Mais um texto muito acertado e cheio de razão. Temos mesmo que saber separar as coisas e não viver os problemas dos outros. Beijinhos

    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    1. Muito obrigada Inês, fico muito feliz por você ter gostado! ❤

  13. Olá Kaila
    Olha guria confesso que eu me preocupava demais com os problemas familiares e de alguns amigos.
    E sofria com isso, porque como vc disse, as vezes o que é melhor para gente não é o ideal para o outro.
    E é bem desgastante porque os nossos problemas ficam em segundo plano.
    Hoje sou mais tranquila em relação a isso.
    Se a pessoa precisa, ouço com atenção e carinho e procuro ajudar na medida do possível, mas não me envolvo emocionalmente.
    Mais um excelente post de utilidade pública, todos deveriam ler.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    1. Faço exatamente isso, enquanto as pessoas estão bem, nós estamos sobrecarregados por pegar o problema delas. Sofria muito com isso, até que aprendi que escutar, oferecer um ombro amigo é algo, mas cada um que tome a frente dos obstáculos da sua própria vida.

  14. A gente quer resolver TUDO, né? Os nossos problemas ~ e os dos outros também. Adorei o post pé no chão e realista Kaila!

    1. Muito obrigada Ca! Fico muito feliz por você ter gostado. ❤

  15. Já aconteceu comigo, tenho uma amiga que desabafava comigo os problemas dela e absorvi tanto que era como se fossem meus. Fiquei tão mal e agora eu procuro evitar absorver os problemas das pessoas.
    big beijos

    1. Já passei muito por isso também.

  16. Ninguém pode obrigar o outro a mudar

    Beijos,
    http://www.thalitamaia.com

    1. Sim, precisamos amar as pessoas mesmo com os defeitos.

  17. Ai Ka, teus textos são perfeitos <3

    mariasabetudo

    1. Obrigada sua linda! ❤

  18. Adorei o post muito bacana seu texto.
    Concordo plenamente contigo Kaila, jamais podemos querer viver os problemas dos outros pois cada um tem que cuidar dos seus.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia
    Instagram
    Facebook

    1. Fico muito, muito feliz por você ter gostado viu? ❤

  19. Outro dia estava com uma amiga que veio contar os problemas dela para mim, e eu saí de lá arrasada. Fiquei bem mal mesmo, daí comentei isso com a minha terapeuta que me disse que absorver os problemas dos outros tem a ver com afinidade e que nosso cérebro faz algo chamado Transferência inconsciente, quando a gente parece que pega os problemas para nós. Da próxima vez tenho que ir disposta a ouvir, mas tentar me preocupar menos.

    Zíper Chique

    1. Sim, hoje consigo ouvir sem me envolver emocionalmente, infelizmente não temos o controle da vida de ninguém, pegar isso para nós, só nós afeta.

  20. Ai, parece que esse post foi feito especialmente pra mim hoje. Sério! Vou até dormir pensando nessas palavras. Amei! <3

    http://www.mayaravieira.com.br

    1. Fico muito feliz em ter te ajudado de alguma forma! ❤

  21. Sou toda ouvidas pra quando precisam e ajudo em oração quando alguém está com algum problema difícil, não devemos ser uma esponja pra absorver e guardar aquilo que nos faz mal!
    Beijos Kaila amei o texto!
    http://www.silalmeida.com

  22. Ameeeei o texto Kah! A gente tem mesmo essa mania de querer absorver o problema de todos ao nosso redor e acabamos nos afundando… Existem outros jeitos de ajudar, como você mesma falou! Amei 😉 beijokas!

    1. Pois é, fico muito feliz por você ter gostado Natz! ❤

  23. To me sentindo um pouco envergonhada porque sou o tipo de pessoa que toma as dores dos outros. Eu sou muito intensa e a energia do outro sempre acaba me contaminando, nao sei até onde isso pode ser bom. Se alguém tá muito feliz eu fico, se alguém ta passando por algo difícil me dói, absurdamente, e não poder resolver me chateia. Se alguém trata o outro mal me chateia tbm, mesmo que não seja comigo. Eu sempre dou palpite nos problemas dos outros pq todo mundo corre pra mim como se eu fosse alguma psicologa, quando na verdade não consigo resolver nem os meus, mas os dos outros parecem mais fáceis né? mais simples…
    Enfim, é complicado né? Beijos! Amei o post.
    https://yasmimgil.blogspot.com.br/

    1. Não deve sentir vergonha, é complicado, com o tempo você vai adquirir experiências que te ensinarão lidar com isso! ❤

  24. excelente post, Kaila. realmente a gente às vezes se sobrecarrega por causa do problema dos outros, sendo que o outro é o único que pode realmente resolvê-lo. a gente sempre pode estar lá pra um amigo, mas não dá pra ofeerecer mais do que isso tmb.

    Beijinhos
    n. // http://www.fashionjacket.com.br

    1. Sim, querer tomar á frente dos problemas dos outros é um erro tremendo.

  25. Texto ótimo, como sempre, Kaila! Absorver os problemas dos outros acaba deixando a gente muito carregado. Já temos os nossos para lidar. A gente tem que saber separar as coisas e ajudar da forma que for possível, mas sempre lembrando que não podemos sempre tomar as dores dos outros como se fossem nossas. Isso não faz bem :/

    Beijos!

    Letras na Gaveta

    1. Precisamos entender que não podemos consertar tudo, né? Fico muito feliz por você ter gostado! ❤

Deixe uma resposta