Motivos comuns que levam os relacionamentos ao fim

Os contos de fada sempre descreviam o momento em que a pessoa dos nossos sonhos atravessaria nossa história, sem permissão ela revela todos os motivos pelos quais enfrentamos tantas idas e vindas, até que aquela chegada que interrompeu nossa caminhada de forma tão brusca, torna tudo tão indecifrável. Reconhecer a peça que sempre faltou na nossa vida é simples, ela se encaixa perfeitamente ali, na melhor parte do nosso coração. Os antigos caminhos se perdiam para se tornar eternos, os atuais precisam de apenas um motivo vazio para serem esquecidos. O tempo todo, pessoas chegam e se afastam, tão rápido quanto um piscar de olhos, enquanto outras fazem moradia para presentear as páginas da nossa história com instantes indescritíveis, permitir que essas pessoas saiam da nossa existência é uma das falhas mais tolas que poderíamos ter.

Os manuais de instruções passam longe quando o assunto é relacionamento, compartilhar nossa existência com um ser distinto de nós é tão desafiador quanto enfrentar nossos piores medos. Pequenos fatores alcançam grandes proporções em algumas relações, este resultado é alcançado pela falha de algum elemento, que torna a base do relacionamento mais frágil. O primeiro motivo pelo qual muitos casais terminam é começar aquele namoro pelo motivo errado, alguns estão tão solitários que qualquer companhia basta, outros só querem mostrar que estão em um relacionamento, alguns se submetem aquela companhia por status, dinheiro ou por bens materiais. Nestes casos, as histórias são interrompidas imediatamente, nada que tem más intenções envolvidas consegue seguir um percurso duradouro.

Lembre-se constantemente que a família do seu cônjuge é tão especial quanto seus familiares são para você. Rejeitar, julgar ou não aceitar as pessoas próximas do seu parceiro é um sinal que aquele relacionamento não continuará. Cada ser possui um espaço distinto no nosso coração, ele não pode ser substituído ou simplesmente alterado. O mesmo acontece com os gostos do nosso parceiro, não temos o direito de exigir que alguém mude por nós, as melhores mudanças partem quando elas surgem de dentro de nós. Se não gostar do mesmo programa que seu cônjuge, tente ao menos conhecer e intercalar os passatempos que ambos gostem.

Muitos relacionamentos chegam ao fim por três motivos comuns e que se entrelaçam entre si: ciúmes, falta de respeito e traição. A base principal de qualquer relação é o respeito, seja ela entre nossos pais, irmãos ou com o parceiro. Palavras ditas nunca mais serão esquecidas, provocações servem apenas para criar intrigas e promover uma situação apenas para causar ciúmes no cônjuge é um dos erros mais chulos que todo mundo um dia já cometeu. Estar em um relacionamento com esses dois fatores presentes, proporcionam a abertura para outras pessoas cruzarem nosso caminho, com tantas brigas vazias a relação se estremece, e neste momento outras pessoas podem conquistar a atenção de ambas as partes, causando a traição.

Relações duradouras se recusam a cair na rotina, pequenos detalhes reacendem o romantismo e tornam o relacionamento saudável e com a mesma essência do começo. Abrir a porta do carro, deixar um bilhete ao sair para o trabalho, nunca dormir separados, nunca desfazer dos elogios são ações simples, que ocupam pouco tempo e que fazem toda a diferença. Momentos bons normalmente são marcantes por durarem pouco, então, lute pelos relacionamentos eternos, que só precisam de cuidado e amor para se manter sempre vivo.

Espero muito que vocês gostem, um super beijo e até o próximo post!

44 Replies to “Motivos comuns que levam os relacionamentos ao fim”

  1. Qualquer relacionamento que há falta de respeito, não deve ser levado a diante, né? Adorei o post!

    Beijo!
    Cores do Vício

    1. Pois é Pathy! Fico feliz por você ter gostado. ❤

  2. Super cocordo, pequenos detalhes para mudar a rotina ajudam muito na convivência do dia a dia..

    Dani Ramos
    http://donaengenhosa.com.br/

    1. E como ajudam Dani..

  3. Acho que o pior de tudo é a falta de respeito… quando ela começa, ai sim é o fim!

    Bjim…
    >>blog Usei Hoje<<
    > Instagram<

    1. Pois é Elaine! ❤

  4. Mais uma vez vc arrasando nas palavras!
    Ótimo post Kaila

    Bjooos

    1. Fico muito feliz por você ter gostado Fe!

  5. Oie
    Adorei a reflexão sobre o assunto.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    1. Que bom que gostou Nessa, fico muito feliz! ❤

  6. “Rejeitar, julgar ou não aceitar as pessoas próximas do seu parceiro” esse é o maior dos casos que vejo términos acontecerem. Por isso acho que ainda não estou pronta para um relacionamento sério agora, namorar por namorar não faz o meu estilo. Porque conheço pessoas que só namoram porque tá todo mundo ao redor namorando, aí acha que é “moda”, mas não existe isso. Prefiro esperar e ter um relacionamento duradouro, do que ter relacionamentos que vão me desgastar. Enfim, amei o post!

    1. Os melhores relacionamentos são aqueles que acontecem de uma forma natural, quando é para ser parece que tudo se encaixa tão perfeitamente!

    1. Fico feliz por você ter gostado! ❤

  7. arrasou nas palavras Kaila 🙂
    A leitura é válida pra quem está em um relacionamento ou não sabe o q quer fazer.
    bj http://diadebrilho.com

    1. Que bom que gostou, fico muito feliz viu?

    1. Muito obrigada Bruna, fico feliz por você ter gostado!

  8. Tens toda a razão Kaila! 🙂 É por essas razões que cada vez mais é difícil ver pessoas que ficam juntas uma vida inteira.

    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    1. Obrigada Inês, fico muito feliz por você ter gostado, viu? ❤

  9. Acho que tudo isso é verdade, ainda mais quando se deixam as gentilezas do começo sumirem por comodidade.
    Eu me baseio pelo respeito mútuo, para qualquer relação, evito subir o tom de voz, xingar ou dormir brigada.

    Zíper Chique

    1. Ações excelentes Vânia, acho que a comodidade é o que mais afeta o relacionamento.

  10. Oi Kaila, realmente essas pequenas atitudes que reacendem o romantismo são ótimos termômetros de um relacionamento. Não dá para deixar esse sentimento inicial morrer. 🙂

    1. Não mesmo Ca!

  11. Que texto maravilhoso.
    Ótima reflexão, bem isso.
    Beijos.
    http://vinteedoisdemaio.blogspot.com.br/

    1. Fico feliz por você ter gostado! ❤

  12. Que texto excelente Kaila gostei demais.
    Esses são realmente motivos que terminam com qualquer relacionamento.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia
    Instagram
    Facebook

    1. Fico muito feliz por você ter gostado Jana! ❤

  13. Amei o texto. E isso da família é super complicado mesmo, já vi mt gente que pede para o companheiro escolher entre a família ou a pessoa, um absurdo! É preciso aceitar o pacote completo.

    Beijos.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    1. Sim, é um absurdo mesmo Anete. São pessoas que não se podem escolher, os valores são diferentes e o amor é igual.

  14. Super concordo, e fico feliz por não ter esses problemas no meu relacionamento. Tenho certeza que esse é o segredo para estarmos mais de 5 anos juntos e sem mais problemas. Bjs

    http://www.mayaravieira.com.br

    1. Fico feliz por ter gostado e concordado com minhas palavras! ❤

  15. Quando leio esses posts eu só consigo lembrar do meu último relacionamento, que me causou tantas, mas tantas feridas internas e externas (causadas por mim), que me dóis só de lembrar. Tinha vários desses fatores que citou acima, e devo admitir que alguns eu mesma cometi. Não devíamos ter iniciado o relacionamento tão cedo, agimos por impulso, pelo tão conhecido fogo da paixão, achamos que era forte o suficiente para ficar mais sério, que daria certo. Foi um péssimo erro. O pior de tudo era ele achar que o dinheiro era o mais importante para poder fazer e me levar onde queria, mesmo eu cansada de falar que não precisava disso pra amar ele e ser feliz ao lado dele. Um dos maiores erros, aquele que estava mascarado em outras atitudes nossas, é que acabávamos falando coisas, incitando um ao outro a mudar, fosse comparando (eu sei, isso é péssimo, mas acontecia muito) ou falando – ou melhor, jogando na cara-, aqueles defeitos que tanto desgostávamos um no outro. Não existia ciúmes, não explícito, mas estava mascarado também naquelas frases meio machistas que ele falava ou na forma como me tratava quando nos desentendíamos. Falando nisso, era o que mais fazíamos depois de um tempo. Eu sou o tipo de pessoa que não gosta muito de falar as coisas, pois sempre que faço isso, ainda mais na raiva do momento, sai coisas que não deveriam da minha boca, magoo as pessoas, me expresso errado ou acabo falando aquilo que não é totalmente verdade, não na maior parte do tempo, mas naquele momento de raiva sim. E ele não gostava disso, me irritava tanto pra eu conversar, e quando eu fazia isso, adivinha? Isso mesmo, brigas e mais brigas. Aí, quando eu fazia o que ele queria, que era falar o que eu estava pensando, ele brigava mais pois não gostava do que ouvia. Sobre família, até um certo momento eu me sentia bem com eles, mas sabe quando teu sexto sentido te indica que não é mais bem vinda num lugar? Eu comecei a me sentir assim, como um estorvo na casa deles. Sem contar que ele era pai, então quase me obrigava a me relacionar com a filha dele, sendo que a mesma era difícil de se aproximar.

    Depois de tudo que falei, dá pra ver que o relacionamento já estava fadado ao fim logo que começou, né? kkkkk. Mas juro, eu tentei ao máximo aguentar as brigas, as muitas vezes em que ele tentou terminar por motivo bobo, e as inúmeras ofensas na hora das discussões – ou não.

    Beijos,
    Blog Gaby Dahmer

    1. Quando é para ser tudo se tornar mais fácil, mesmo com empecilhos. Infelizmente, muitos fatores ruins consumiram a história de vocês, mas saiba que nada acontece por acaso, tudo acontece por algum motivo, e logo você descobrirá ou até descobriu o porque dos caminhos terem traçado destinos distintos!

  16. Oi, Kaila!
    Concordo 100% com o seu post! Acho ciúmes excessivo uma das coisas mais absurdas e acho muito necessário que se tenha respeito pela privacidade do outro e pelas amizades que possui.
    Beijos,
    Isa
    http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/

    1. Fico muito feliz por você ter gostado, viu? ❤

  17. Olá Kaila
    Uma das coisas mais difíceis é levar adiante um relacionamento.
    Excelente texto o seu.
    Penso que a base de tudo é o amor e respeito, a partir daí é possível construir uma boa, saudável e feliz convivência, onde falta respeito, falta tudo.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    1. Sim, amar intensamente faz com que a gente supere alguns obstáculos difíceis, claro se complementado com o respeito. Detalhes simples transformam tudo!

  18. “A base principal de qualquer relacionamento é o respeito”, concordo plenamente com essa frase. Nunca estive num relacionamento sério, mas confesso que admiro muito os casais que estão juntos por muitos anos e tal. Acho muito incrível a sintonia e a conexão que muitos se estabelecem. Espero poder ter um amor duradouro, hahaha.
    Beijos <3=

    1. Sim, admiro aqueles relacionamentos que mesmo depois de anos permanecem com a mesma essência do primeiro dia, apenas com mais momentos e união! ❤

  19. Que texto maravilhoso! Adoro os teus textos…são escritos com o coração. beijinhos

    http://saboresdoninho.blogspot.pt/

    1. Muito obrigada Claudia, fico feliz por você ter gostado! ❤

  20. Cesar Augusto says: Responder

    Que post cheio de amor. Ja anotei as dicas para sempre cuidar de você da melhor maneira possível meu amor.

    1. Muito obrigado meu amor, fico muito feliz por você ter gostado! ❤

Deixe uma resposta